india

A ideia da prova é aproximar a comunidade indígena da população.

Faltando pouco mais de 100 de dias para a primeira edição da Meia Maratona de Porto Seguro, a prova já pode comemorar a sua primeira inscrita na categoria indígena: Kayalla, representante da Comunidade Pataxó, que garantiu a vaga logo após a abertura oficial do evento no último dia 17.
A prova, que será realizada em 17 de abril de 2016, tem como objetivos fomentar o turismo esportivo na região da Costa do Descobrimento, além da inclusão social dos indígenas e cadeirantes que terão categoria especial. “Há muito tempo que a cidade precisava de um evento desse nível. Estamos focado e com fé em Deus realizaremos uma grande prova, onde os atletas serão valorizados” enfatiza Bita Maratonista, um dos responsáveis pela organização.
Durante a cerimônia oficial de lançamento da prova, estavam presentes representantes de diversos setores, entre eles o hoteleiro, empresários, personal trainers, atletas, superintendente da Funai, representantes de associações e clubes de corridas da Bahia e o diretor do projeto paratriathlon Brasil, Hilton Lopes. Segundo Vidal Bahia, integrante do comitê organizador, o apoio de todos está sendo fundamental para o sucesso da prova. “Faltando quatro meses para o evento, já contamos com mais de 100 atletas inscritos de todo o Brasil”.