jogos-indigenas02

A 11° edição dos Jogos dos Povos Indígenas começou neste domingo (03), com a participação de 700 atletas, de 20 comunidades de Campo Grande. Realizado pela prefeitura municipal, por meio da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), será disputado em seis modalidades, entre elas as tradicionais como lança, cabo de guerra e arco e flecha.

O coordenador de esportes da Funesp, Marcos Ortega, ressaltou que além das modalidades tradicionais, também haverá provas de atletismo, competição de voleibol e futebol de campo. “Tivemos maior participação desta vez, com 700 atletas de 20 comunidades, uma evolução, pois ano passado tinha apenas 500”.

Ele explicou que a prefeitura vai até as comunidades e aldeias urbanas, para conversar com as lideranças, que montam suas equipes na competição. “Os primeiros colocados levam troféus e medalhas e ainda se credenciam para edição estadual, que vai ocorrer em maio”.

O titular da Sub-Coordenadoria de Assuntos Indígenas, Adierson Venâncio Mota, da etnia terena, ponderou que o evento deste ano está bem organizado, com a participação da maioria das aldeias e comunidades. “No ano passado não tivemos tanto sucesso em função da instabilidade política, mas agora melhorou, Campo Grande tem 11 mil indígenas nas comunidades e cinco aldeias urbanas, temos a segunda maior população do Estado”.

Os jogos ocorrem durante todo domingo, com previsão de seguir até às 20 horas. Cerca de 11 ônibus levaram os representantes e atletas de cada comunidade e aldeia para participar do evento. O começo dos jogos, que teve as modalidades individuais, foi marcado por forte calor.