As contas do governo federal voltaram a ficar no vermelho no mês de novembro e registraram déficit de R$ 38,35 bilhões. Foto: Beto Barata / PR Editoria de Política

O Palácio do Planalto abriu a licitação para compra de mantimentos do avião presidencial e prevê gastar R$ 1,75 milhão com comidas que variam de Nutella até sorvetes da marca americana Häagen-Dazs. A informação é da coluna do jornalista Lauro Jardim, publicada nesta terça-feira (27) pelo jornal O Globo.
Para servir o presidente da República Michel Temer (PMDB) e seus convidados, a licitação conta ainda com uma tonelada e meia de torta de chocolate, o maior gasto da lista, orçado em R$ 96 mil.

O Planalto ainda prevê gastar R$ 7.500 na compra de 500 potes de sorvete da marca Häagen-Dazs,R$ 4.080 na compra de 120 potes de Nutella e R$ 27.500 com geleias. Conforme a coluna, foram encomendados ainda 200 cafés da manhã prontos, com itens nobre, como presunto de parma e queijos brie, provolone e muçarela de búfala. Cada refeição custa R$ 96. Ainda aparecem na lista de comprar 50 Cornetos, 50 Tablitos, 50 Chicabons, 50 Eskibons, 50 Frutillys,300 picolés sem lactose, seis tipos de iogurte, quatro tipos de açúcar, sal do Himalaia e sanduíche de Mortadela.