WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

bahiagas

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


:: 4/set/2017 . 18:26

Ceará: União concede posse permanente de terra indígena a povo Tapeba

tapeba2

Portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, publicada no Diário Oficial da União de hoje (4), declara como permanente a posse da terra do povo indígena Tapeba, que vive no município de Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza.

 

“O governo federal faz uma reparação enorme ao povo Tapeba e distensiona a pressão imobiliária e política que existe há anos”, disse o coordenador das Organizações dos Povos Indígenas do Ceará, Weibe Tapeba. Ele explica que essas tensões ocorriam sobretudo por meio de ações judiciais que pediam reintegração de posse de terras localizadas na área delimitada.

De acordo com o documento, a área reconhecida como indígena equivale a 5,8 mil hectares. Uma parte dela encontra-se ocupada por não índios na forma de loteamentos e indústrias, por exemplo. A partir da declaração de posse permanente, deverá ser feita a retirada destas pessoas – processo conhecido como extrusão ou desintrusão. :: LEIA MAIS »

Exclusivo: O IV Festival de Culturas Indígenas acontece no México

“A celebração celebra a nossa diversidade pluricultural e multiétnica, bem como a luta dos povos indígenas e indígenas em favor da sua inclusão”, afirmou o Secretário de Cultura da capital do México.

*Wanderley Magno – México

De 1 a 10 de setembro, a capital Zocalo do México está sediando o “IV Festival de Culturas Indígenas, Cidades e Bairros da Cidade do México” (FCIPBO-CDMX), que é consolidado como um dos eventos mais bem posicionados na agenda cultural da capital e faz parte de uma política pública sobre questões indígenas, conferida pelo nosso representante do blog Povos Indígenas (povosindigenas.blog.br), o jornalista Wanderley Magno, que registrou tudo de perto. Mais de 800 expositores e cerca de 30 grupos étnicos de diferentes regiões do México. Com mais de 400 atividades artísticas e culturais, incluindo a Exposição Editorial do Livro Indígena e IV Mostra de Filmes e Vídeo Indígenas da Cidade do México. :: LEIA MAIS »

Cimi: “Tirar a terra do índio é tirar-lhe a vida”

 

a-sustentabilidde-1

Reconhecida em 1987, com 3 hectares, a reserva indígena do Jaraguá, ocupada hoje por cerca de 700 famílias Guarani, foi ampliada para 512 hectares em 2015 após decisão judicial.

Burutis, Rondônia (RV) – O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) classificou o atual governo federal como o “mais antiindígena” desde a ditadura militar. A crítica, publicada em nota divulgada terça-feira (22/08), é uma resposta à decisão do Ministério da Justiça de anular a ampliação de uma reserva indígena na zona oeste da capital paulista.

A ampliação foi derrubada pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, no dia (21/08), com a alegação de que houve “erro administrativo” na demarcação da área e que a reserva foi estabelecida sem a participação do governo estadual. Segundo o governo, a ampliação só teria validade legal se tivesse ocorrido até cinco anos após a demarcação das terras, ou seja, até 1992.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia