WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: jan/2018

Veja vídeo: Gilmar Mendes é hostilizado durante voo – Passageiros “pegam pesado”

É possível ouvir uma série de gritos, como “prende o ministro”, “vai soltar o Lula?”, “e o Aécio?” e “vergonha”. Depois, houve um forte coro de “Fora, Gilmar!”.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a ser hostilizado durante um voo neste fim de semana. As recentes decisões e declarações do magistrado foram relembradas e até mesmo a Polícia Federal (PF) teria sido chamada. Algumas semanas após ser alvo de críticas por turistas brasileiras em Lisboa (Portugal), Mendes estava em um voo que seguia para Cuiabá (MT) quando tiveram início as palavras de ordem contra ele dentro do avião. Um video que circula na internet mostra o momento do pouso da aeronave, quando Mendes é questionado se iria soltar também o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), que está cumprindo pena na penitenciária da Papuda, em Brasília. :: LEIA MAIS »

CIMI: Combate ao suicídio indígena depende de políticas de prevenção da vida e da cultura dos povos

Entrevista especial do Instituto Humanitas Unisinos (IHU) com a antropóloga Lucia Helena Rangel, também assessora do Conselho Indigenista Missionário (Cimi). ( Wilson Dias/Agência Brasil.

Nos últimos 16 anos foram registrados 782 suicídios nas comunidades indígenas brasileiras, o que significa uma “variação” de 30 a 73 casos por ano, diz a antropóloga Lucia Helena Rangel à IHU On-Line. Segundo ela, o relatório recentemente publicado pelo Conselho Indigenista Missionário – Cimi demonstra que o quadro de suicídios entre os Guarani-Kaiowá que residem no Mato Grosso do Sul não se alterou em quatro décadas, mas também sugere que esse fenômeno não é restrito a essas comunidades. “A situação preocupa muito porque em 2016 houve 30 casos de suicídios no Alto Solimões”, informa. :: LEIA MAIS »

Aldeia Munduruku é dizimada pelo garimpo e não existe mais, comunica movimento em carta

A assembleia do povo munduruku de 2017 decidiu que todos os garimpos deveriam ser fechados.

A aldeia PV, na Terra Indígena Munduruku, no Pará, foi dizimada pelo garimpo e não existe mais. O anúncio foi feito pelo Movimento Munduruku Iperegayu em comunicado para autoridades ambientais, Ministério Público Federal (MPF) e para a Fundação Nacional do Índio (Funai). De acordo com o texto, o garimpo invadiu a terra, matou a floresta e as roças e levou doenças, prostituição, consumo de bebida alcoólica entre os homens e as mulheres e introduziu as drogas entre os adolescentes. A carta é de 17 de janeiro de 2018. A TI Munduruku tem em torno de 130 aldeias e a PV estava localizada no limite da terra e foi ali instalada em meados de 2000 como estratégia de proteção para prevenir invasões. :: LEIA MAIS »

Indígenas devem ser respeitados em projetos de mudanças climáticas no Quênia, pedem especialistas da ONU

Povos indígenas Sengwer, do Quênia. Foto: redd-monitor.org

Especialistas independentes da ONU expressaram suas preocupações sobre os recentes relatórios de que os povos indígenas Sengwer, no oeste do Quênia, foram atacados e expulsos de suas casas como resultado da implementação do projeto de gerenciamento de água financiado pela União Europeia. “Os Sengwer estão enfrentando repetidos ataques e despejos forçados por agentes do serviço florestal do Quênia, que é uma agência de implementação do projeto financiado pela União Europeia”, disseram os especialistas. :: LEIA MAIS »

Chapada: Líder do MST na região Márcio Matos é assassinado no município de Iramaia

Marcio Matos, dirigente do MST, assassinado nesta quarta

O ex-dirigente nacional do MST e líder do movimento na região da Chapada Diamantina, Márcio Matos, foi assassinado no município de Iramaia nesta quarta-feira (24). A informação foi confirmada por amigos e correligionários de Matos. Marcinho, como era conhecido, era ligado à tendência interna do PT, Esquerda Popular Socialista (EPS), e lutava por igualdade social e reforma agrária na Bahia, atualmente ocupava o cargo de secretário de Administração da prefeitura de Itaetê. :: LEIA MAIS »

AM: Indígenas denunciam descaso com saúde na região do Vale do Javari

Neste mês de janeiro, duas crianças do povo Kanamari morreram após vômitos e diarreia

Mais de sessenta indígenas ocuparam o Distrito Sanitário especial Indígena na cidade de Atalaia do Norte, no Amazonas. Os índios também reclamam da falta de respeito às tradições de cada povo pelos profissionais de saúde.  O geógrafo Victor Gil, que atua no programa Javari do Centro de Trabalho Indigenista, acompanha a situação indígena na região e destaca que historicamente, essas populações tem sofrido pela falta de atendimento adequado.Nessa terça-feira, o deputado estadual Sidney Leite acionou o Ministério Público Federal no estado pedindo investigação do caso. O deputado também deve questionar o Ministério da Saúde sobre verbas destinadas à região. :: LEIA MAIS »

PCdoB: condenação de Lula é novo golpe na democracia

Presidenta do PCdoB e pré-candidata à presidência da república do partido assinam nota em defesa de ex-presidente

Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB, e Manuela D’Ávila, pré-candidata à presidência da república pela legenda, emitiram nota em nome do partido realizando uma defesa do ex-presidenteLula após sua injusta condenação pelo TRF-4 na tarde desta quarta (24). O texto se junta a outras notas e manifestações em protesto a essa tentativa de tirar o direito de Lula ser candidato. Leia a nota na íntegra aqui.

:: LEIA MAIS »

Educação indígena em Rondônia avança com especialização

Educadores indígenas reunidos no sul da bahia

Em 119 escolas espalhadas por 14 municípios de Rondônia, 3,6 mil alunos de 54 povos indígenas se identificam melhor, mantêm a língua materna e, ao mesmo tempo, adquirem os saberes do terceiro milênio via satélite. “Todas as escolas com energia elétrica ganharão internet, facilitando a formação online e o ingresso no Diário Eletrônico da Seduc; em mediação tecnológica, Guajará-Mirim iniciou com o 1º ano e prepara a expansão”, adiantou o coordenador do Ensino Indígena Antônio Puruborá. Vinte novas escolas serão construídas em 2018.

:: LEIA MAIS »

MUPOIBA: Povos Indígenas Divulgam Nota de Apoio a Lula

O MUPOIBA -Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia apoia a iniciativa. Na foto o presidente de honra do Mupoiba, Cacique Babau, em reunião com o ex- presidente Lula.

A APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) enviou uma carta aberta de apoio ao ex-presidente Lula nas vésperas do julgamento do petista no TRF-4 em Porto Alegre; “A condenação de Lula, se confirmada, configurará mais um golpe à democracia, deturpada que já é pela elite deste país, que quer imperar, autoritariamente, como a única classe social, sociedade monoétnica e intolerante às diferenças políticas, sociais e culturais”, diz o texto

Confira abaixo a íntegra do documento: :: LEIA MAIS »

Malária: Surto de na Bahia registra 2ª morte; 8 crianças estão internadas

duas crianças estão internadas no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, com previsão de alta para esta semana

O surto de malária que atinge o município de Wenceslau Guimarães, no Sul da Bahia, registrou a segunda morte este ano. A paciente Luciene Sousa dos Santos, 31 anos, morava em Chico Lopes, área rural do município. A informação foi confirmada pelo prefeito Carlos Alberto Liotério dos Santos. “No total, foram 23 casos da doença aqui no município. Dentre eles, 21 pessoas estão internadas e duas vieram a óbito”, disse o prefeito a reportagem.

Luciene estava internada desde o último dia 17 na própria cidade, mas foi transferida no dia seguinte para Valença, no Baixo Sul, e devido ao agravamento do caso, foi encaminhada para Ilhéus, Sul do estado, no dia 20. A prefeitura foi informada do falecimento da paciente na tarde desta segunda-feira (22).

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia