Neste mês de janeiro, duas crianças do povo Kanamari morreram após vômitos e diarreia

Mais de sessenta indígenas ocuparam o Distrito Sanitário especial Indígena na cidade de Atalaia do Norte, no Amazonas. Os índios também reclamam da falta de respeito às tradições de cada povo pelos profissionais de saúde.  O geógrafo Victor Gil, que atua no programa Javari do Centro de Trabalho Indigenista, acompanha a situação indígena na região e destaca que historicamente, essas populações tem sofrido pela falta de atendimento adequado.Nessa terça-feira, o deputado estadual Sidney Leite acionou o Ministério Público Federal no estado pedindo investigação do caso. O deputado também deve questionar o Ministério da Saúde sobre verbas destinadas à região.

O Ministério Público Federal em Tabatinga confirmou que recebeu representação do deputado. Disse também que já está acompanhando o caso desde a semana passada, quando esteve reunido com a coordenação do Dsei Vale do Javari e, posteriormente, com indígenas.

O MPF está definindo data para ida ao município de Atalaia do Norte e também está articulando uma reunião conjunta com a Sesai, a Secretaria Especial de Saúde Indígena em Tabatinga, que deve ser realizada ainda este mês