ESCOLA CANAVIEIRAS

Escolas e setores público, invadidos pela opressão

Professores da rede Estadual, Municipal e Servidores de Canavieiras estão sendo obrigados e participar de uma manifestação contra a RESEX de Canavieiras, em favor do agronegócio, e a destruição de áreas de preservação, a pedido do gestor Local. Segundo informações os servidores estão recebendo comunicados e convocações por meio das suas chefias imediatas ligadas ao prefeito em caráter obrigatório para comparecer em uma praça da cidade com o intuito de manifestar sua opinião obrigatoriamente contra a RESEX e a favor da criação de uma APA. Essa estratégia para mobilizar os funcionários foram tomadas em função do alto desgaste que vem sofrendo o prefeito,

pois ainda continua cassado pela Justiça Eleitoral e não consegue aglomerar pessoas para o ato. Importante salientar que a RESEX de Canavieiras foi criada em junho de 2006 pelo Presidente Lula e Beneficia aproximadamente 2500 famílias e comunidades extrativistas e pescadores e agricultores familiares e quem tem incrementado importantes políticas publicas com o uso do recurso no comércio local. Esse ato ditatorial da gestão local tem refletido nas escolas com relatos de alunos e gravações onde professoras de Municipais de alguns Colégios convocando os alunos e seus pais a comparecerem de forma coercitiva à manifestação. Uma gravação feita por alunos do Colégio Paulo Freire mostra a professora convocando e informando de forma distorcida os alunos e induzindo-os a comparecerem inclusive com ameaça de lista e presença de comparecimento. Veja abaixo uma das mensagens da rede social:

ZAP DA PROFESSORA      As Redes Socias usadas como forma de oprimir os funcionários 

Essa não seria a primeira vez que se atua dessa forma contra a RESEX e seus defensores, é recorrente a opressão do poder publico municipal com falas e discursos inflamados e agressivos infringindo aos defensores da RESEX responsabilidades que são do governo.  Diante dessa situação nossa redação entrou em contato com algumas lideranças da RESEX de Canavieiras que informaram que estão apreensivas com a forma agressiva que o os contrários a RESEX vem atuando e que estão buscando os meios legais para se protegerem. Nossa Redação encaminhou o áudio recebido a DIREC Itabuna para as providencias legais e tentou contato com o colégio mas até o momento não foi possível. Contatados alguns pais de alunos informaram que estão revoltados e que denunciarão a diretoria do Colégio ao MEC e RNE