WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

policlinica itabuna

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ago/2019

VÍDEO: Índios protestam contra aprovação de projeto que permite atividade do agronegócio em terras demarcadas

Programa Água Doce será ampliado na Bahia

a agua

Discutir a possibilidade de um novo convênio do Programa Água Doce (PAD) na Bahia e um acordo de cooperação técnica para a realização de um Plano Estadual de Revitalização das Bacias Hidrográficas. Esses foram alguns dos pontos debatidos numa reunião realizada na terça-feira (27), em Brasília, entre o Governo da Bahia e representantes do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR).

Representando o Governo da Bahia, participaram o secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira; o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias; a coordenadora do PAD na Bahia, Luciana Santa Rita.

:: LEIA MAIS »

I Encontro da Juventude Rural de Porto Seguro reuniu jovens indígenas, estudantes e do campo

A JUARI

O I Encontro da Juventude Rural de Porto Seguro aconteceu de 23 a 25/8, com uma linda cerimônia na Aldeia Indígena Boca da Mata, reunindo representantes de várias aldeias indígenas, jovens moradores de comunidades rurais e estudantes, além de autoridades do município, do governo estadual, especialistas e professores.

No primeiro dia, o cacique da Aldeia de Boca da Mata, Alfredo Santana, juntamente com a secretária de Assistência Social, Lívia Bittencourt e o superintendente de Projetos para Infância e Juventude, Washington Borges; ancião, Josafá Almeida;  e o diretor da Escola de Boca da Mata, Jovino Santana, deram boas-vindas aos participantes, após uma belíssima apresentação cultural tradicional na comunidade. :: LEIA MAIS »

CIENTISTA BAIANA DESCOBRE SUBSTITUTO DE AGROTÓXICO EM FOLHAS DE EUCALIPTO

Cátia Libarino descobriu substituto de agrotóxico em folhas de eucalipto || Divulgação

Pesquisadora baiana dedicou um olhar mais sensível para esta problemática e questionou se poderia haver um agrotóxico capaz de prevenir pragas, mas que não ameaçasse a saúde. A partir dessa prerrogativa, a engenheira florestal Cátia Libarino desenvolveu um estudo com óleo de eucalipto para reduzir a manifestação de doenças em plantas.

A pesquisadora conta que há um déficit sobre estudos do controle de doenças em plantas com o uso de produtos de origem vegetal, em vez de químicos. “A ideia surgiu após observar manchas foliares em árvore de macadâmia provocadas pelo fungo Neopestalotiosis clavispora. Foi quando comecei a dar início ao estudo com óleos e extratos vegetais de eucalipto”, afirmou. Ela chama atenção para o fato que há a necessidade de valorizar os produtos florestais não madeireiros, que são mais sustentáveis, pois geram menos danos ao meio ambiente. :: LEIA MAIS »

Sul da Bahia: Professores indígenas participam de formação continuada em Itabuna

A VAL 2

A Secretaria da Educação do Estado iniciou, nesta segunda-feira (19), em Itabuna, no sul da Bahia, mais uma formação continuada, desta vez para 90 professores de seis escolas da rede na área do Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 05), contemplando os povos Tupinambá e Pataxó Hãhãhãe.

A atividade, que segue até sexta-feira (23), no Tarik Fontes Plaza Hotel, sob a responsabilidade de educadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), também contemplará professores das redes municipais por conta do regime de colaboração da Secretaria da Educação do Estado com os municípios. :: LEIA MAIS »

Agências da ONU assinam acordo para proteger direito humano a um meio ambiente saudável

cacique Babau recebeu a representante da ONU na aldeia da Serra do Padeiro

As ameaças a indivíduos e comunidades que defendem seus direitos ambientais e fundiários se intensificam em muitas partes do mundo. Neste contexto, a ONU Meio Ambiente e o Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) uniram esforços para promover e proteger os direitos humanos e ambientais por meio de um novo acordo de cooperação assinado na sexta-feira (16).

As duas organizações trabalharão mais próximas para monitorar ameaças contra defensores dos direitos ambientais, advogar por melhor proteção, apelar para uma responsabilização mais eficaz dos perpetradores de violência e intimidação, desenvolver redes de defensores de direitos humanos ambientais e promover a participação significativa na tomada de decisões ambientais. :: LEIA MAIS »

BA: Governo do Estado marca presença na Semana do Clima

A SEMANA2

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), participa entre os dias 19 e 23 de agosto da Semana do Clima da América Latina e Caribe (Climate Week), evento idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece no Wet’n Wild, em Salvador.

A Semana do Clima antecede um dos pontos focais do evento que é a implementação do Acordo de Paris. O acordo visa um pacto global de combate às mudanças climáticas, que será discutido pela Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas – COP-25, em dezembro de 2019, no Chile.

Entre as diversas autoridades sobre o tema, o Governo do Estado disponibilizou dois estandes onde fornecerá informações sobre as atividades desempenhadas pelo governo baiano que contribuem com o tema abordado. :: LEIA MAIS »

EL PAÍS: “Suspensão de repasse estrangeiro à Amazônia prejudica indígenas e ribeirinhos”

A EL PARIS

Virgilio Viana, superintendente geral da Fundação Amazônia Sustentável

Um exemplo do trabalho voltado para a sustentabilidade com geração de renda desenvolvido pela fundação em conjunto com as comunidades locais envolve o manejo do pirarucu, peixe água doce conhecido como o gigante do rio Amazonas, ameaçado pela pesca predatória. “Conseguimos fazer com que os estoques do peixe se recuperassem, e como consequência deste manejo responsável houve um aumento da renda do produtor de 3,50 reais pra 7,20 o quilo do peixe”, explica. Em conversa com o EL PAÍS Viana comenta o suposto “complô” de ONGs para minar soberania brasileira na Amazônia, e afirma que a maior parte dos recursos do fundo vai para Estados e municípios (54%), e não para o terceiro setor. :: LEIA MAIS »

Marcha das Mulheres Indígenas divulga documento final: “lutar pelos nossos territórios é lutar pelo nosso direito à vida”

MACHA1

“Seremos sempre guerreiras em defesa da existência de nossos povos e da Mãe Terra”, afirma documento da mobilização

Após cinco dias de debates e manifestações em Brasília, as representantes de mais de 130 povos indígenas que participaram da I Marcha das Mulheres Indígenas divulgam o documento final da mobilização. “Somos totalmente contrárias às narrativas, aos propósitos, e aos atos do atual governo, que vem deixando explícita sua intenção de extermínio dos povos indígenas, visando à invasão e exploração genocida dos nossos territórios pelo capital”, afirmam no documento.

Salientando a relação que existe entre os territórios tradicionais dos povos indígenas, seus corpos e sua vida espiritual, as mulheres indígenas que realizaram sua primeira marcha nacional denunciam a violência de que são vítimas, mas apontam o machismo como “mais uma epidemia trazida pelos europeus” e defendem que, no combate a essas mazelas, as especifidades da organização social dos povos indígenas sejam levadas em conta. :: LEIA MAIS »

Fogo atinge terra indígena há cerca de 2 semanas em MT e cacique reclama que brigadistas não foram ao local

Índios da Aldeia Tapi’itãwa estão tentando apagar o fogo por conta própria.

Há cerca de duas semanas, a Terra Indígena Urubu Branco, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá, tem sido devastada pelo fogo. O cacique Elber Tapirapé fez um vídeo que mostra as chamas e reclama da falta de atenção das instituições para combater o incêndio. Ele disse que já acionou as instituições, mas que nenhum brigadista chegou ao local até agora. Enquanto isso, os índios da Aldeia Tapi’itãwa estão tentando apagar o fogo por conta própria, mas com poucos recursos, segundo o cacique. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia