WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: 4/ago/2019 . 14:23

‘Quem Quer Ser Um Milionário?’: índio fatura R$ 50 mil para fazer sala de informática em aldeia

Marcos Davi planeja fazer melhorias em sua aldeia na Bahia, e investir nos estudos com o dinheiro do prêmio — Foto: TV Globo

Pela primeira vez um representante dos povos indígenas participou do “Quem Quer Ser Um Milionário?”. No palco do Caldeirão do Huck Neste sábado, 3/8, Marcos Davi, da tribo Pataxó de Santa Cruz de Cabrália, na Bahia e estudante de Direito pela UFBA (Universidade Federal da Bahia) , faturou R$ 50 mil.

Neto da cacique da tribo, o estudante de 19 anos, quer usar o valor do prêmio para fazer uma sala de informática na comunidade indígena onde foi criado e investir também na faculdade, para realizar o sonho de se tornar advogado para defender a causa indígena. “Também para me manter na capital para eu seguir meus estudos. Saí de uma cidade pequena e ainda estou me adaptando.”afirmou Marcos.

Na oportunidade  o apresentador Luciano Huck, ganhou um lindo cocar de pena de pato e de arara, feito por um parente da aldeia, e  presenteado pela mãe de Marcos Davi, a Liderança indígena Kandara Pataxó, que acompanhou o estudante indígena para participar do programa.

BA: Secretaria da Educação dialoga com a UNEB o fortalecimento da Educação Básica

A A UNEB

A perspectiva que esses cursos incluam povos indígenas, quilombolas e do campo.

Durante o diálogo, que contou com a participação do coordenador de projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes, os gestores trataram da expansão da oferta de cursos de graduação e pós-graduação, por meio da modalidade Educação à Distância (EAD). Na Bahia, atualmente, cerca de 2,8 mil professores estão sendo beneficiados com cursos na modalidade EAD, ofertados em 20 Polos Estaduais da Universidade Aberta na Bahia, em parceria com diversas universidades, incluindo as quatros universidades estaduais (UNEB, UESC, UEFS e UESB). A perspectiva também é a de que esses cursos incluam povos indígenas, quilombolas e do campo. :: LEIA MAIS »

RJ: Dia Internacional dos Povos Indígenas, comemorado no Parque Lage

O evento gratuito e promove o encontro de mais de vinte etnias de vários países para celebrar e, também, mostrar a sua importância para a história do planeta.

O Dia Internacional dos Povos Indígenas 2019 reúne indígenas mais de 20 etnias para entoar cânticos e danças, levantar debates, vender artesanatos tradicionais e promover a troca de conhecimento. No final de semana do dia 03 e 04 de agosto acontece, então, a grande feira cultural com entrada franca a adultos, jovens e crianças.

Indígenas dos povos Pataxó do sul da Bahia, Fulni-ô de Pernambuco, os Guarani e os Puri do Rio de Janeiro, os Tukano e os Tikuna do Amazonas, os Kariri-Xocó de Alagoas, os Guajajara do Maranhão, os Kamayurá do Alto Xingu e os Potiguara do Rio Grande do Norte são algumas das etnias presentes , mais apresentações do grupo indígena multiétnico da Aldeia Maracanã, do Rio de Janeiro. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia