WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

policlinica itabuna

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: out/2019

Lideranças indígenas dizem não ao marco temporal e ao arrendamento em audiência pública na OAB Em Brasília

Lideranças de povos da Bahia, de Roraima e de Mato Grosso participaram de audiência pública sobre Defesa dos Direitos Indígenas

Cacique Suruí Pataxó questionou representantes do governo Bolsonaro na audiência pública da OAB. Foto: Tiago Miotto/Cimi

Lideranças dos povos Pataxó e Tupinambá, da Bahia, dos povos Macuxi, Wapichana e Aturaiu, de Roraima, e do povo Xavante, de Mato Grosso, participaram na manhã desta quinta-feira (17) da Audiência Pública sobre a Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas realizada na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em sua sede, em Brasília.

Junto a representantes de organizações indigenistas e voltadas à defesa direitos humanos, advogados e advogadas, as lideranças indígenas debateram os caminhos e os desafios para a defesa de seus direitos originários. :: LEIA MAIS »

Motorista é preso com mais de 160 papagaios e uma arara-azul na BR-040

© Polícia Rodoviária Federal (PRF) / Divulgação Animais estavam sendo transportados em caixas de papelão e plástico

 

Um homem detido neste sábado (19) na BR-040, em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, parece não desistir da vida do crime, mesmo já ter sido preso por outras três vezes. A.L.C, de 37 anos, voltou a ser encaminhado para a delegacia por tráfico de animais. Ele foi encontrado com mais de 160 papagaios e uma arara-azul.

:: LEIA MAIS »

Marcelino Galo participa de encontro das Frentes ambientalistas estaduais em Brasília

parlamentares e trocam de experiências sobre políticas públicas de promoção do desenvolvimento sustentável dos estados. Foto: Gabriel Paiva

Nesta quinta-feira (17) o deputado estadual Marcelino Galo da Bahia, participou na Câmara dos Deputados, em Brasília, de importantes discussões sobre licenciamento ambiental, Código Florestal, Recursos Hídricos, Unidades de Conservação e agrotóxicos, junto aos deputados estaduais coordenadores das Frentes Parlamentares Ambientalistas. O debate foi proposto pelo deputado federal Nilto Tatto (PT/SP) como forma de fortalecer a atuação parlamentar e troca de experiências sobre políticas públicas de promoção do desenvolvimento sustentável, com inclusão e preservação do ambiente. :: LEIA MAIS »

Exclusivo: Extrativistas e indígena receberam Prêmios Internacional Pela Conservação da Natureza

Lilian dos Campinhos, Sônia Guajarara, Carlos Alberto dos Santos e Maria da Gloria receberam Prêmios em evento internacional.

Com o tema Soluções para o bem-estar e desenvolvimento sustentável, o evento contou com a presença de autoridades de diversos países da região.

Em Lima no Peru aconteceu o III Congresso de Áreas Protegidas da América Larina e Caribe (CAPLAC), no Centro de Convenções de Lima, de 14 a 17 de outubro e reuniu mais de 2.500 especialistas em temas de conservação de 37 países.

Presentes a iniciativa representações extrativistas, indígena, organizações da sociedade civil e do poder público que promovem a gestão ambiental, o desenvolvimento sustentável, a conservação dos territórios e contribuir com a defesa e proteção dos territórios tradicionais brasileiro. :: LEIA MAIS »

Após combater mineração ilegal em Terras Indígenas, coordenador da Funai é demitido

Exoneração de servidor ocorre no momento em que Bolsonaro apresentará projeto para liberar garimpos em terras indígenas

Servidor de carreira da Fundação Nacional do Índio (Funai), o indigenista Bruno Pereira foi exonerado do cargo de coordenador-geral de Índios Isolados, função que desempenhava desde junho de 2018. A demissão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 4 de outubro. Horas antes do afastamento, o dirigente estava combatendo mineradoras que pretendiam atuar na Terra Indígena Yanomani, em Roraima. :: LEIA MAIS »

Vaticano: Líder indígena compartilha no Sínodo o drama de seu povo

Yesica Patiachi durante a coletiva de imprensa de ontem na Sala Stampa do Vaticano. Crédito: Captura Youtube

Vaticano, 17 Out. 19 / 11:35 am (ACI).- Uma das representantes indígenas procedente da Amazônia que participa no Sínodo dos Bispos pediu ajuda ao Papa Francisco para que leve sua mensagem aos organismos internacionais e, deste modo, evite que seu povo seja extinto. Trata-se de Yesica Patiachi, professora bilíngue de Puerto Maldonado (Peru), que é auditora do Sínodo dos Bispos da Amazônia, que ocorre no Vaticano até 27 de outubro.

Não é a primeira vez que esta líder do povo Harakmbut conversa com o Papa Francisco, pois em janeiro de 2018 compartilhou seu testemunho durante a visita papal ao Peru, encontro no qual o Santo Padre anunciou a realização da atual assembleia especial do Sínodo. :: LEIA MAIS »

BA: Programa Partiu Estágio convoca 2.626 estudantes

RUI PAPO CORRERIA

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), convoca 2.626 estudantes para integrarem o Programa Partiu Estágio. Os selecionados para o terceiro edital de 2019 do programa devem apresentar a documentação exigida até o dia 31 de outubro. A convocação foi anunciada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido nas redes sociais, na noite desta quarta-feira (16). :: LEIA MAIS »

Primeiro indígena defende TCC no curso de Odontologia da UEPG

KLEITO

““Somos existência da resistência. Nossos antepassados resistiram para que a gente existisse hoje, então vamos dar continuidade “à nossa resistência”. Esse foi o recado de Renato Pereira, primeiro indígena a defender um trabalho de conclusão de “curso em Odontologia na UEPG, para os colegas indígenas que estudam na universidade.

Na sexta (11), Renato, que é da etnia kaingang, defendeu o trabalho Adaptação transcultural e tradução de material educativo em saúde bucal para língua “Kaingang”. O trabalho orientado pelo professor Manoelito Ferreira Silva Júnior e pela professora Letícia Fraga foi aprovado pela banca, composta ainda pelas professoras Márcia Helena Baldani Pinto e Cristina Berger Fadel. :: LEIA MAIS »

BA: Projeto estimula turismo étnico em Maracangalha com apoio da Sepromi

LINHA DE TREMIGREJA

Fortalecimento do turismo étnico, geração de renda e valorização do patrimônio cultural histórico da comunidade Maracangalha, em São Sebastião do Passé, são destaques do projeto “Turismo de Base Cultural em Maracangalha”, apoiado pelo edital da Década Afrodescendente, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Os resultados do trabalho foram apresentados neste domingo (13), na sede da associação de moradores, integrando as comemorações dos 93 anos de emancipação do município. A titular da (Sepromi), Fabya Reis, prestigiou o encontro. :: LEIA MAIS »

Pescadores apostam em nova moeda para aumentar a renda no sul da Bahia

dona maria

partir de 2020, a chamada moex terá cédulas de 0,50, 5 e 10

A cidade de Canavieiras, no litoral sul da Bahia, terá mais uma moeda circulando no comércio local, além do real, a partir de 2020: é a moex, uma moeda criada por pescadores e marisqueiros que vivem na Reserva Extrativista (Resex) de Canavieiras – uma unidade de conservação federal – e que promete gerar mais renda.

A moex segue o modelo de moedas sociais que existem no Brasil desde a criação do Banco Palmas (no Ceará, em 1998), pioneiro no sistema de bancos comunitários no país e autorizado pelo Banco Central do Brasil (BC). Em Canavieiras, a instituição financeira responsável pela moex, cujo valor é equiparado ao do real, é o Bamex, que também tem autorização do BC. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia