WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom ponte ilheus

maio 2020
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: mai/2020

FEMINICÍDIO: Índia é morta dentro de aldeia em Itaju do Colônia, sul da Bahia

A indígena Laureana Pataxó, era irmã do Cacique Jean Pataxó. Foto redes socias

Uma jovem índia foi morta na noite neste sábado (30) em uma reserva indígena, aldeia Bahetá, na cidade Itajú do Colônia, no sul da Bahia. Com 28 anos, Laureana Ferreira Borges, da etnia Pataxó Hahahãe, foi atingida por tiros disparados pelo seu próprio marido, dentro do banheiro de sua própria casa. O suspeito foi preso pela PM na Fazenda Bodas de Ouro, no distrito de Palmira e apresentado na delegacia de Plantão em Itabuna. Jefferson Dias, 24 anos, confessou o crime e ainda disse onde a arma estava. A indígena Laureana Pataxó, era irmã do Cacique Jean Pataxó, e muito querida na aldeia, deixa dois filhos, entre eles um bebê de 11 meses.

Em nota a  deputada estadual Neusa Cadore, que é Presidenta da Comissão dos Direitos Humanos e Segurança da Assembleia Legislativa da Bahia, se solidarizou com o ocorrido, além do prefeito de Itajú do Colônia e da vereadora indígena Sheila Payaya. Confira a nota na íntegra abaixo, e mais outras manifestações:

:: LEIA MAIS »

RO: Grupo é preso por extrair madeira de Terra Indígena em Vilhena

As toras transportadas no caminhão teriam sido derrubadas na Terra Indígena Tubarão Latunde. Foto: Redes socias

PM foi quem flagrou o crime ambiental, segundo a PF. Caso vai continuar sendo investigado.

Três homens foram presos por extração ilegal de madeira em Vilhena (RO), no Cone Sul, no fim da tarde de sexta-feira (29). Segundo a Polícia Federal (PF), a Polícia Militar (PM) foi quem flagrou o crime ambiental. A prisão dos suspeitos ocorreu quando eles transportavam cargas de madeira em caminhões. Não foi divulgado o local exato da prisão e nem informações de quem são os madeireiros.

:: LEIA MAIS »

Quase 10% dos casos de Covid-19 em indígenas do País estão no CE

O assessor jurídico Weibe Tapeba ressalta que a subnotificação mascara uma realidade ainda pior entre os indígenas. Foto: Foto: Fabiane de Paula

Com 110 casos confirmados, o Estado registra o segundo maior número de infectados no território nacional, ficando atrás, apenas, do Território Indígena do Alto Rio Solimões (319), no Amazonas, segundo boletim da Sesai

O Ceará é o primeiro Estado do Nordeste e segundo brasileiro em número de casos de Covid-19 em povos indígenas, segundo boletim da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, desta quinta-feira (28). Em um intervalo de três dias, o Estado registrou aumento de 38 casos confirmados da doença, chegando a 110 notificações, o que representa 9,83% do total de confirmações de todo o território nacional  1.119 casos.

:: LEIA MAIS »

Djuena Tikuna: “Falta de ajuda faz índio buscar medicina tradicional”, diz artista

 e5c0236152d001ab13ba1db2e2491d8d-1

Cantora e compositora indígena trata música como ferramenta de resistência

Cantora do povo Tikuna, Djuena nasceu em Umariaçu, comunidade indígena na fronteira entre o Brasil, Peru e Colômbia. Na infância, acompanhou de perto as manifestações culturais dos índios amazônicos. Em Manaus, participou de trabalhos no teatro e no cinema. Com os irmãos, montou o grupo Magüta. Produziu ainda um documentário que mostra um panorama das principais manifestações musicais de sua nação indígena. :: LEIA MAIS »

Embasa apoia a instalação de lavabos públicos em Ibotirama, no Oeste da Bahia

WAL B
Com objetivo de proporcionar maior higienização por quem transita em Ibotirama, no oeste da Bahia, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) apoiou a implantação de três lavabos públicos pela Prefeitura Municipal. O objetivo é garantir que aqueles que precisem sair de casa tenham oportunidade de lavar as mãos com maior frequência nas ruas da cidade. Os lavabos com água e sabão estão localizados nas praças Nova Brasília e da Bandeira, e na Avenida Ex-Combatentes, todos na região central de Ibotirama.

:: LEIA MAIS »

Vídeo: Greta pede apoio global para ajudar o Amazonas no combate à Covid-19

Greta Thunberg responde ao prefeito de Manaus e reforça pedido de ajuda mundial para o Amazonas 
Manaus – Em resposta ao pedido de ajuda feito pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a ativista ambiental sueca Greta Thunberg, junto com mais 12 ativistas climáticos de diferentes lugares do mundo e que fazem parte do movimento Fridays for future, divulgou uma carta aberta e um vídeo nesta quinta-feira (14), pedindo apoio global para ajudar o Amazonas no combate à Covid-19.

:: LEIA MAIS »

Amazonas recebe primeiro espaço do Brasil para atender indígenas com Covid-19

A ala indígena vai disponibilizar 33 leitos clínicos e 20 de alta complexidade | Foto: Ascom / Ministério da Saúde / Divulgação / CP

Com 53 leitos exclusivos, espaço foi montado no hospital de combate ao coronavírus, em Manaus

A primeira ala hospitalar do Brasil voltada para o tratamento de pacientes indígenas com o novo coronavírus foi inaugurada no Amazonas nesta terça-feira. Com 53 leitos exclusivos, o espaço foi montado no hospital de combate à Covid-19, localizado na Universidade Nilton Lins, zona Centro-Sul de Manaus. :: LEIA MAIS »

Justiça Federal determina suspensão de turismo e proíbe entrada de não-índios em terra indígena de MT

 Justiça Federal em Mato Grosso determinou a suspensão de toda e qualquer atividade exploratória das riquezas naturais do solo, dos rios e dos lagos existentes no interior da Terra Indígena Pequizal de Naruvôtu, especialmente do comércio e/ou turismo nos imóveis em que estão instaladas em uma fazenda e uma pousada no município de Gaúcha do Norte, localizado no Alto Xingu.

:: LEIA MAIS »

INDÍGENAS: O CAPÍTULO POUCO LEMBRADO DA DITADURA MILITAR BRASILEIRA

Mulheres Kayapó da Amazônia Brasileira – Getty Images

Dez etnias indígenas estão entre as vítimas apontadas na Comissão Nacional da Verdade. Entenda o conflito entre esses grupos e o regime militar

O massacre de indígenas na ditadura militar brasileira vem desde o governo Castelo Branco de 1964, que através do Plano de Integração Nacional (PIN), procurou expandir as fronteiras internas do Brasil. Isso significou perseguição, prisão, tortura e assassinato de lideranças indígenas, que lutavam por seus territórios e cujo comportamento era considerado inadequado ao projeto desenvolvimentista do país. :: LEIA MAIS »

Hospital Costa do Cacau: Funcionários do Hospital Regional Costa do Cacau retornam ao trabalho e pacientes reconhecem qualidade do atendimento

HRCC_Ilhéus BA (3)
Profissionais do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, que
testaram positivo para o novo coronavírus (Covid-19), e cumpriram a
quarentena já retornaram ao trabalho na unidade hospitalar. A maioria desses
trabalhadores não apresentaram qualquer sintoma da doença, e foram
imediatamente afastados de suas funções, direcionados para isolamento
social. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia