WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom ponte ilheus secom bahia solidaria embasa

junho 2020
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: jun/2020

SAC do Hospital Regional Costa do Cacau desenvolve atividades e amplia o atendimento humanizado

SAC HRCC atendimento (3)

Mesmo com algumas restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, continua com suas atividades de apoio e pesquisas, por demanda, com o objetivo de sinalizar para os setores sugestões que possam melhorar o atendimento humanizado na unidade hospitalar. :: LEIA MAIS »

SE: UFS fará testes sorológicos da covid-19 em índios Xocós

C
A Universidade Federal de Sergipe (UFS) realizará na manhã da próxima quinta-feira, 2, o teste sorológico para a identificação de anticorpos do novo coronavírus em 200 índios da tribo Xocó, localizada no povoado Ilha de São Pedro, no município de Porto da Folha, Alto Sertão do Estado. A iniciativa é uma parceria entre a UFS e o Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria Estadual de Saúde.

:: LEIA MAIS »

Energia elétrica aumenta produção de farinha em aldeia indígena de Belmonte

Aldeia de origem Tupinambá também pode armazenar leite, segundo produto mais importante da tribo

Imagine depender da luz do dia para poder fazer suas atividades. Ter de dormir mais cedo, não ter água de qualidade, não poder guardar comida na geladeira. Não ter internet ou televisão. Ou até mesmo não ter onde armazenar a insulina, que diminui a quantidade de açúcar no sangue e é usada para tratar a diabetes.

Era assim que a aldeia indígena Patiburi, em Belmonte, no extremo sul do estado, vivia até dois meses atrás. Com a chegada da energia elétrica, houve uma transformação na tribo, que é de origem Tupinambá. A comunicação com a cacique Cátia, por exemplo, feita por Whatsapp, seria impossível antes da instalação desta tecnologia. :: LEIA MAIS »

Funai gastou R$ 8 com cada indígena em ações de combate à pandemia Nos últimos 114 dias, órgão investiu apenas R$ 6,6 mi. Para indígena, baixo valor indica “política genocida” do governo

Valor destinado pela Funai para o combate ao coronavírus representa apenas 1,18% do orçamento do órgão – Foto: Igor Carvalho

Nos últimos 114 dias, desde a confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil, a Fundação Nacional do Índio (Funai) gastou apenas R$ 6,6 milhões em medidas para proteger a população indígena da doença. O valor corresponde a 1,18% do orçamento anual da entidade, que é de R$ 507 milhões. Os dados foram obtidos pelo Brasil de Fato via Lei de Acesso à Informação (LAI). :: LEIA MAIS »

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E UESC ALINHAM PESQUISA SOBRE A COVID-19 A PARTIR DOS TESTES NAS ESCOLAS DO SUL DA BAHIA

WhatsApp Image 2020-06-26 at 19.53.22

As testagens para o coronavírus, realizadas nas escolas estaduais nos municípios de Itajuípe, Uruçuca e Ipiaú, serão utilizadas em pesquisas da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Itabuna. A iniciativa foi solicitada pela Secretaria da Educação do Estado à universidade, com o objetivo de contribuir no combate e na prevenção à pandemia. A pesquisa será realizada a partir da coleta de dados, que vai estabelecer um parâmetro amostral do padrão imunológico dos estudantes, professores e funcionários testados nas unidades escolares.

:: LEIA MAIS »

Hospital Regional Costa do Cacau inaugura sala de visita virtual para melhor acolher familiares e pacientes

unnamed

O Hospital Regional Costa Cacau (HRCC), em Ilhéus, inaugurou esta semana a sala de visita virtual. Esse novo ambiente disponibilizado pela unidade, para visitantes familiares e amigos de pacientes, visa oferecer uma melhor estrutura nessa atividade, proporcionando aperfeiçoar a prática de humanização do atendimento hospitalar.

Os setores de Serviço Social e Psicologia do HRCC já atuam em parceria para captar e transmitir informações importantes para as famílias sobre os pacientes internados. Com a sala de visita virtual em funcionamento, principalmente nesse período de pandemia da Covid-19, esse serviço será ainda mais importante para a aproximação entre familiares e as pessoas em recuperação. :: LEIA MAIS »

Rapper indígena Kunumi MC lança single em guarani

Kunumi MC usa histórias contadas pelos pajés como influência

“Nativos e originários dessa terra, Brasil/ Desde mil e quinhentos vivemos em guerra/Nosso povo foi oprimido e dizimado/ por não aceitarmos ser escravizados/ Desprezaram nossa ciência e tecnologia/ conhecimento milenar da floresta/ E agora vemos na TV alertas de aquecimento da terra.” Na canção Xondaro Ka’aguy Reguá (Guerreiro da floresta em português), o rapper indígena Kunumi MC, da aldeia de Krukutu, São Paulo, versa sobre demarcação de terras, luta e estereótipos atribuídos aos povos indígenas. :: LEIA MAIS »

Informe Parlamentar: Para deputado baiano, marco do saneamento sucateará empresas estaduais

Foto: Divulgação

Afonso Florence (PT) avalia que PL em pauta no Senado nesta quarta ataca ‘direito fundamental da população’ a água trata de esgotamento

Conhecido pelo nome de marco legal do Saneamento, o Projeto de Lei 4.162/19 foi criticado nesta quarta-feira (24) pelo deputado federal baiano Afonso Florence (PT). Para o vice-líder da oposição, a proposta sucateará as empresas estaduais e não resolverá os problemas do setor. De acordo com o cronograma já divulgado pelo Senado, a Câmara Alta vota essa matéria nesta quarta-feira (24), em sessão remota que deve começar às 16hs. :: LEIA MAIS »

Covid-19 avança sobre comunidades indígenas e Pará registra 67 mortes e mais de 500 infectados

Números mostram o impacto crescente da Covid-19 em etnias indígenas da Amazônia — Foto: Reprdução

O novo coronavírus é especialmente mortal para os povos indígenas na Amazônia. É o que demonstra estudo sobre o impacto da Covid-19 nessa população feita pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) e Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). São 5140 casos confirmados e 293 óbitos nos nove estados da Amazônia brasileira, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (22).

:: LEIA MAIS »

Covid-19: Povos indígenas mostram-se vulneráveis ao avanço do vírus

VIDAS INDIGENAS IMPORTAM 02

Episódios em que as doenças do homem branco dizimam populações indígenas no Brasil se repetiram diversas vezes na história. O mais recente capítulo é o do novo coronavírus, que se alastra pelo território brasileiro de maneira crescente. Nas terras dos povos nativos, o cenário não é diferente. Até o último sábado, o vírus havia matado 117 indígenas e infectado 4.185, de acordo com dados oficiais do Ministério da Saúde, contabilizados pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Os números são ainda maiores quando se leva em conta os grupos que vivem fora das aldeias, não contabilizados pela Sesai. A falta de uma contagem que alcance a todos dificulta a criação de uma política mais eficaz para proteger essa população.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia