“Votou contra a prorrogação do auxílio emergencial e agora aparece com seu pré-candidato, David da Caixa. Esse povo acha que a gente é besta”, disse um feirante.

Aos gritos de “traidor do povo”, o deputado federal Uldurico Júnior (PROS), deixou a feira livre da cidade de Caravelas às pressas, neste sábado, 08 de agosto,acusado de ter votado contra a prorrogação do auxílio emergencial. O deputado estava acompanhado pelo pré-candidato a prefeito Neovaldo David de Oliveira, o “David da Caixa” e a vereadora Raquel Boa Morte, esposa de David da Caixa, e assessores. Populares disseram que nunca viram a vereadora na feira, e que agora, que se aproxima as eleições, ela aparece. “Esse deputado sumiu, desapareceu daqui, nunca fez nada por nosso povo. Votou contra a prorrogação do auxílio emergencial e agora aparece com seu pré-candidato, David da Caixa. Esse povo acha que a gente é besta”, disse um feirante que não quis se identificar. A gente tá cansado desses políticos cara limpa, que nada fazem por a gente, e só quer se perpetuar no poder. Nunca fizeram nada por a gente. Só enganação. Chega”, desabafou outro feirante.

David da Caixa foi vice-prefeito, na gestão Jadson Ruas, e em maio de 2018, o Juiz Eleitoral de Caravelas, Dr. Leonardo Coelho dos Santos, condenou Jadson Ruas e David da Caixa pelos crimes de abuso de poder econômico e abuso de poder político. Em setembro do mesmo ano, um acórdão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) julgou improcedente o recurso apresentado, mantendo a sentença do juiz de primeira instância, na íntegra.

O deputado federal Udurico Pinto, sendo expulso por populares em feira livre da cidade de Caravelas

Ao julgar recurso especial, no dia 27 de novembro de 2018, o TRE/BA inadmitiu a subida de recurso. Com a decisão do órgão colegiado, Jadson Ruas e ‘David da Caixa’ se tornam inelegíveis, independente da apresentação de novos recursos, nos termos do art. 1º, alínea “j”, da Lei Complementar nº. 64/90, com a redação dada pela Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº. 135/2010).

Uldurico Júnior é deputado em seu segundo mandato. É presidente do PROS e filho do ex-deputado federal Uldurico Pínto, que em seu período político, teve seu nome envolvido em diversos escândalos, de desvios de verba da saúde e também no famoso desvio de dinheiro da merenda escolar de Porto Seguro, caso que teve repercussão no Fantástico da Rede Globo. Atualmente, Uldurico Pinto é proprietário da Rádio Caraípe FM, e é de conhecimento de todos o uso político que ele faz da rádio para beneficiar sua família, e os políticos apadrinhados por ele na região.

Com informações de: A Bronca