IMG-20200424-WA0067(2)

Desde maio deste ano, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, adotou um protocolo para repassar o comunicado do boletim médico, diariamente, com o quadro clínico dos pacientes internados, na Unidade Covid e na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Geral, para seus familiares. Para que esse fluxo de comunicação seja mais objetivo e direto, deve ser indicado um familiar de referência para receber todas as informações sobre o ente querido em recuperação.  De acordo com Gildo Rorato, psicólogo do HRCC, quando o paciente chega ao hospital, geralmente está acompanhado por um familiar ou pessoa próxima, e neste primeiro contato, a equipe do HRCC faz o acolhimento, levantando dados e informações. Também tira dúvidas a respeito do internamento e do tratamento que será realizado. “É fundamental que seja indicado o familiar de referência, com todos seus contatos telefônicos atualizados e disponíveis para a comunicação”, destacou.

O psicólogo relatou que, em atendimento as resoluções do Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e Organização Mundial de Saúde (OMS), pacientes da UTI Geral e Unidade Covid não podem ter acompanhantes, devido às recomendações de segurança sanitária e prevenção de contágio do coronavírus. “Então, nós entramos em contato com o familiar de referência de cada paciente, todos os dias da semana até às 17h, repassando informações para que ele transmita o boletim médico para os demais membros da família”, disse.

Gildo Rorato ressalta que, os profissionais do HRCC trabalham de maneira integrada e contínua para a recuperação do paciente, de forma adequada, possibilitando seu retorno ao convívio social e familiar.  “A comunicação efetiva é muito importante nesse processo. Muitas vezes, um contato desatualizado, algumas chamadas não atendidas podem interferir nas informações que precisam ser repassadas à família.  Caso ocorra qualquer dificuldade diante disso, o familiar deve entrar em contato com o Serviço Social, pelos telefones (73) 3235-5324 e 3235-5383, e atualizar seus dados”, informou.

Encontro virtual – O HRCC dispõe de sala equipada para o encontro virtual, por meio de chamadas de vídeo, com os pacientes que estão conscientes e em condições de interagir, mas não podem receber visitas presenciais. O familiar pode agendar esse serviço, durante o contato que setor de Psicologia realiza para a comunicação do boletim médico.