Lideranças indígenas realizam dança em homenagem ao padroeiro local

*Walney Magno

Aconteceu neste sábado (09/01) em Olivença a celebração de abertura em homenagem à São Sebastião, de forma simbólica por conta da pandemia do coronavírus, que dá início a Puxada do Mastro de Olivença, realizada em Ilhéus.

Em reconhecimento a importância sociocultural e tradição religiosa e indígena, a Associação dos Machadeiros de Olivença (AMAO), em parceria com a Prefeitura, homenageou o padroeiro de Ilhéus simbolicamente, com um número limitado de pessoas, exigência e rigor em respeito às medidas preventivas contra a Covid.

O prefeito Mário Alexandre, acompanhado pelo secretário de saúde do Município Geraldo Magela, e do administrador local, participaram das celebrações, e foi recebido pelo vereador indígena Cláudio Magalhães, que é representante daquela comunidade.

Prefeito recebido pelo vereador Cláudio Magalhães, acompanhado pelo administrador local, Cacau.

A programação prevista inclui as missas do tríduo ao padroeiro de Ilhéus, às 19hs, na Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, com distanciamento social, limite de ocupação, uso de máscaras de proteção e álcool em gel. O tríduo que começou na quarta-feira (06) e vai até sexta-feira (08), dia da caminhada dos mascarados em lamentação e respeito às vítimas da Covid-19.

Cláudio Magalhães fala durante a abertura da importância daquele momento

Uma exposição fotográfica da Puxada do Mastro foi realizada na Praça Cláudio Magalhães, às 17h, em seguida com o hasteamento das bandeiras, e missa na Paróquia Nossa Senhora da Escada.

O prefeito agradeceu o acolhimento e ressaltou a sua efetiva participação nos eventos daquela localidade

O acendimento do fogo simbólico, esse ano, homenageou os profissionais de saúde e de outras áreas, que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus, e aos pacientes que lutam contra a Covid-19.

A programação de hoje (10) começou cedo, às 5 hs, com a alvorada e fogos; às 9h, benção aos Machadeiros e, às 10h, acontece a escolha do Mastro de São Sebastião de forma simbólica para 2022.

Vejam mais alguns registros fotográfico de evento.

claudio marao 01

fotos

hasteamento 02

bajdeira