HORTAS DO VIVEIRO VIDA SOLIDÁRIA
Sustentabilidade nas aldeias através das ações de qualificações.

A comunidade indígena Tupinambá de Olivença, no sul da Bahia, vêm enfrentado as dificuldades deixada pela pandemia da Covid-19, com ações pontuais para a melhoria de vida, com iniciativas de qualificação para o empreendedorismo, buscando uma melhor qualidade na a segurança nutricional alimentar, e geração renda sustentável, através da projeto “Viveiro Comunitário Indígena – Vida Solidária”, constituído para mulheres indígenas Tupinambá de Olivença de Ilhéus.

MULHERES DO VIVEIRO VIDA SOLIDÁRIA 01
As Mulheres Tupinambá de Olivença, em ações na busca de melhoria de vida e sustentabilidade.

A ação é uma parceria entre o Instituto dos Povos Indígenas da Bahia- Ação Bahia, através das políticas publica para povos tradicionais (Bahia década afrodescendente), demanda através do controle social, do seguimento, e da secretaria estadual de promoção e igualdade racial (Sepromi), tendo como titular da pasta, a doutora Fábya Reis.

cartaz

A volta das ações do projeto estão previsto para começar ainda este mês, visando avançar na estabilidade e avançar, superando os obstáculos deixado ´pela pandemia, assim como os prejuízos causado pelas fortes chuvas que atingiram todo o sul da bahia.