WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

academia vip bahiagas

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  


:: ‘_destaque1’

MUPOIBA: Povos Indígenas Divulgam Nota de Apoio a Lula

O MUPOIBA -Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia apoia a iniciativa. Na foto o presidente de honra do Mupoiba, Cacique Babau, em reunião com o ex- presidente Lula

A APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) enviou uma carta aberta de apoio ao ex-presidente Lula nas vésperas do julgamento do petista no TRF-4 em Porto Alegre; “A condenação de Lula, se confirmada, configurará mais um golpe à democracia, deturpada que já é pela elite deste país, que quer imperar, autoritariamente, como a única classe social, sociedade monoétnica e intolerante às diferenças políticas, sociais e culturais”, diz o texto

Confira abaixo a íntegra do documento: :: LEIA MAIS »

Eleições: Voto indígena no Amazonas será decisivo nas urnas

Propostas que foquem nas causas indígenas serão fundamentais para conquistar o eleitorado indígena

Com uma população de 180 mil pessoas em todo o Estado do Amazonas e, aproximadamente 81 mil, apenas na capital amazonense, o eleitorado indígena surge como potencial para ser decisivo na escolha de um novo governador. A expectativa é que haja formulação de iniciativas que contemplem, por exemplo, a valorização cultural local e a geração de emprego e renda para povos indígenas do Amazonas. Clique aqui e leia mais:http://d.emtempo.com.br/politica/92663/voto-indigena-no-amazonas-sera-decisivo-nas-urnas

BA: Edital destina R$ 5 milhões para promoção do artesanato baiano

O Artesanato indígena dos Tupinambá de Olivença do sul da bahia, tem se destacado pela boa qualidade. Foto: Janaína Soares

os próximos 30 dias estará aberto o processo de licitação para que seja contratada uma organização social (OS) que irá trabalhar junto com a Coordenação de Fomento ao Artesanato da Bahia, vinculada à Setre. “Com este edital, teremos o reforço de uma instituição que irá apoiar a comercialização e qualificação do artesanato. Além disso, a OS poderá estabelecer parcerias com a iniciativa privada para captação de recursos que serão investidos na produção de artesanato. Também teremos a possibilidade de agregar novas tecnologias que irão oferecer mais oportunidades aos artesãos e artesãs”, ressaltou a secretária da Setre, Olívia Santana.

:: LEIA MAIS »

Fórum de Educação indígena da Bahia discute os desafios em Ilhéus

Teve início na terça (22), a oitava etapa do Fórum de Educação Indígena da Bahia (FORUMEIBA),  na Aldeia Acuípe de Baixo em Olivença, Ilhéus, no Centro Cristão de Recriação (CECRE), e termina hoje (sexta), (24). Durante o evento mais de 700 indígenas entre cacique, lideranças e professores indígenas de toda a Bahia, discutem além da educação indígena e seus desafios, debatem a  saúde, políticas publicas, direito indígena, dentre outros assuntos além de apresentações culturais e venda de artesanato. Também conta com a participação de várias autoridades das esferas municipal estadual e federal, e parlamentares. :: LEIA MAIS »

BA: Movimento Indígena dialoga pautas com a SJDHDS

Reunião anual dos povos Indígena da Bahia (Mupoiba), com a secretaria de Justiça Social do Estado.

Representantes da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), de Educação (Sec), Desenvolvimento Rural (SDR) e do Movimento Unido dos Povos Indígenas da Bahia (Mupoiba) reuniram-se, na manhã desta terça-feira (17), com o titular da SJDHDS, Carlos Martins, em mais uma reunião para tratar de demandas referentes às questões indígenas.

O foco da primeira pauta foi o edital oriundo do Projeto Bahia Produtiva, que destinará, através do Banco Mundial, R$ 9 milhões à causa indígena. De acordo com o assessor especial da SJDHDS, Yulo Oiticica, o edital é importante para a luta dos povos indígenas da Bahia e reforçará, especialmente, as ações do Conselho Estadual dos Direitos dos Povos Indígenas (Copiba), órgão vinculado à Secretaria de Justiça. Graças aos recursos, as manifestações indígenas nas regiões norte, oeste, sul e extremo sul do Estado ganharão mais espaço e visibilidade. O lançamento do edital ainda está em processo de aprovação final. :: LEIA MAIS »

Embaixador de Cuba recebido em aldeia pelo movimento indígena na Bahia

A Cacique Valdelice Tupinambá o Embaixador Rolando Gomes e Walney Magno, na aldeia Itapoan em Ilhéus

a comunidade indígena Tupinambá de Olivença recebeu  a visita do embaixador de Cuba, Rolando Gomes, no último dia 16, acompanhado da consul Geral de Cuba para o Nordeste, Laura Pujol, e uma comitiva composta por ministro e conselheiros da embaixada, com membros da Coordenação Nacional Brigada Médica de Cuba, mas representante da OPAS na bahia, com o objetivo de conhecer e dialogar com o movimento indígena da bahia (MUPOIBA),  sobre ações e atuação do programa “Mais Médicos” nas aldeias. :: LEIA MAIS »

Igualdade Racial: Ilhéus formaliza adesão ao Fórum de Gestores

Os Povos Tupinambá de Olivença, fizeram uma homenagem a secretária da Sepromi, Fábia Reys, na adesão ao Fórum de Gestores da Igualdade Racial da Bahia em Ilhéus.

Representações do movimento negro, capoeiristas, segmentos indígenas e de terreiro prestigiaram a adesão do município de Ilhéus ao Fórum de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, ato realizado na noite desta segunda-feira (11). Com a cooperação, formalizada entre o Governo do Estado e a prefeitura local, serão intensificados compromissos para a implementação das políticas públicas com recorte étnico-racial e garantia dos direitos dos povos e comunidades tradicionais que compõem a população ilheense. :: LEIA MAIS »

ONU: Dez anos após declaração internacional, indígenas sofrem exclusão, desrespeito e assassinatos

Relatora especial das Nações Unidas sobre os direitos dos povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz, durante reunião na Serra do Padeiro. Foto e Texto: ONU

Em seu décimo aniversário, a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas enfrenta sérios obstáculos para proteger populações tradicionais em todo o mundo.

Segundo a relatora especial da ONU para os direitos dos povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz, a expansão das indústrias extrativistas, do agronegócio e dos ‘megaprojetos’ de desenvolvimento e infraestrutura que invadem as reservas ainda permanecem como as principais ameaças para a maioria dos povos indígenas. Em seu décimo aniversário, a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas enfrenta sérios obstáculos para proteger populações tradicionais em todo o mundo.

:: LEIA MAIS »

UNICEF promove seminário no Acre sobre educação e saúde de jovens indígenas

Foto: Divulgação/Secom/Arquivo W&M

Para discutir desafios enfrentados pelos jovens indígenas do Brasil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove na sexta-feira (14), em Cruzeiro do Sul, no Acre, o Seminário Atenção à Criança e ao Adolescente Indígena no Selo UNICEF – Edição 2017/2020. Evento abordará estratégias para reduzir a mortalidade, a desnutrição infantil e o sub-registro civil de nascimento, além de debater iniciativas para melhorar a educação das crianças e adolescentes. :: LEIA MAIS »

BA – Dez anos da Política de Desenvolvimento dos Povos e Comunidades Tradicionais

O Cacique Babau, presidente de honra do Mupoiba (ao centro) foi destaque na audiência.

Os dez anos da Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais foram o destaque da sessão especial na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), realizada na quinta-feira (23). A ação foi proposta pelo deputado estadual Bira Corôa, reunindo representações dos segmentos tradicionais, lideranças políticas, do movimento negro, movimento indígena, entidades da sociedade civil, de secretarias e órgãos do poder público. O Presidente de Honra do Movimento Indígena da Bahia (Mupoiba) participou do evento. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia