WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

bahiagas

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘_destaque1’

Livros indígenas escritos por capixaba são destaque em festa literária internacional

A professora e escritora capixaba Marina Miranda é uma das atrações confirmadas da 19ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip. Foto: Alex Gouveia

A autora dos livros, professora indígena da Ufes Marina Miranda, será destaque da Flipinha, evento destinado à literatura infanto-juvenil da Festa Literária Internacional de Paraty

Ela é autora de livros infantis com narrativas voltadas para o universo indígena e que traz em suas obras conhecimentos da ancestralidade familiar, da convivência com os parentes e do trabalho com professores e crianças indígenas nas aldeias. :: LEIA MAIS »

Quais são as conquistas do movimento indígena na COP26

indigenas_cop

Com mais influência que nos eventos anteriores, lideranças conseguiram apoio inédito e espaço em mesas de discussão para mostrar seu papel no combate à mudança climática

Indígenas de todos os países, incluindo os brasileiros, conquistaram apoio inédito e tiveram pela primeira vez espaço nas mesas de discussão da COP26, a conferência do clima da ONU (Organização das Nações Unidas), que dura até quinta-feira (12) em Glasgow, na Escócia.

Relegados em COPs anteriores, eles têm mostrado a políticos, empresários e negociadores do evento suas contribuições para o combate à mudança climática. Mesmo com os avanços, eles esperam mais compromissos dos países até o fim da conferência. :: LEIA MAIS »

Pesquisa revela troca de cartas em tupi entre indígenas do século 17

WA

Traduzidos pelo professor Eduardo Navarro, da USP, documentos dão informações sobre a Insurreição Pernambucana

A história é escrita pelos vencedores. No caso brasileiro, primeiro foram os portugueses e, depois, os holandeses. Documentos que contam a história brasileira pela perspectiva dos que foram vencidos – os povos originários – são raros.

O professor Eduardo Navarro, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, especialista em tupi antigo e em literatura do Brasil colonial, mostra uma dessas exceções. Navarro pesquisou seis cartas trocadas entre indígenas em 1645, os únicos textos conhecidos que os próprios indígenas escreveram em tupi nos tempos coloniais. Essas cartas estão guardadas nos arquivos da Real Biblioteca de Haia, na Holanda, e detalham uma guerra religiosa travada entre portugueses e holandeses, com a presença de indígenas em cada lado, conhecida como Insurreição Pernambucana (1645-1654). :: LEIA MAIS »

No Dia Mundial do Turismo, OMT faz apelo por setor mais inclusivo

Segundo a organização, o Turismo tem a capacidade única de ser um setor mais inclusivo, em que ninguém fica para trás. Foto: Janaina Soares Alves.
Segundo a organização, o Turismo tem a capacidade  única de ser um setor mais inclusivo, em que ninguém fica para trás
Celebrado no dia 27 de setembro, o Dia Mundial do Turismo ganhou um novo significado este ano. Influenciado pela pandemia de covid-19, todo o setor se viu diante de um desafio nunca antes encarado. Diante desse cenário, a indústria do Turismo ganhou ainda mais destaque como um motor de crescimento inclusivo e presente na Agenda de 2030 de Objetivos para um Desenvolvimento Sustentável.

:: LEIA MAIS »

Caminhada dos Tupinambá de Olivença: XXI Peregrinação em Memória dos Mártires “nossa história começa antes de 1500!”

foto

Na manhã de domingo (26), cerca de 1500 indígenas da etnia Tupinambá de Olivença realizaram a XXI Caminhada dos Tupinambá, em memória aos Mártires indígenas do Massacre do Rio Cururupe em Ilhéus no sul da Bahia. :: LEIA MAIS »

BA: SEC lança coleção de livros produzidos por professores indígenas e focados na Educação Escolar Indígena

Foto: Olinda Wanderley

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) lançou a Coleção Maya de livros didáticos produzidos por professores indígenas do povo Pataxó Hãhãhãe, em evento no Colégio Estadual da Aldeia indígena Caramuru Paraguaçu, localizado no município de Pau Brasil, na região Sul da Bahia. A ação visa o fortalecimento do pertencimento étnico e a valorização dos conhecimentos tradicionais. Mais de 48 mil livros da coleção, composta por cinco volumes, foram distribuídos pela SEC, em junho deste ano, para as escolas indígenas de toda a Bahia.

:: LEIA MAIS »

Movimento Indígena da Bahia é recebido em audiência pelo presidente da Assembleia Legislativa

O deputado Marcelino Galo solicitou a agenda que acorreu na sala da presidência da Alba

O coordenador geral do Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoiba) , Agnaldo Pataxó, foi recebido nesta terça-feira (10)  pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes, em uma reunião no gabinete do presidente da Alba, através da agenda do deputado estadual, Marcelino Galo.

Acompanhado do deputado Marcelino Galo,  e do coordenador de políticas para povos indígenas, Jerry Matalawê da SJCDH, além da sub secretaéria Ruthian, e Jumaria Payaya diretora, ambas do Mupoiba, Agnaldo Pataxó, tratou das demandas legislativas relacionadas a pauta indígena. Entre elas, a formalização da Frente Parlamentar Indígena, que tem como presidente a deputada Fátima Nunes. :: LEIA MAIS »

Reportagem Especial: Karipuna, um povo indígena ameaçado de extinção

walney

Por Luciana Oliveira, TV 247 – Fomos ao território indígena do povo Karipuna em viagem de mais de três horas em voadeira pelo rio Jaci. O piloto foi o cacique André Karipuna.

A reportagem da TV 247 foi ao território Karipuna, em Rondônia, onde vivem poucos integrantes, encurralados por invasões A estrada que dá acesso à aldeia está em péssimas condições e uma ponte pode cair a qualquer momento.

:: LEIA MAIS »

“Retrocesso para os direitos humanos”, diz Joenia Wapichana sobre PL 490

joenia-wapichana-868x644

1ª indígena eleita deputada federal é contra projeto de lei que muda demarcações de terras indígenas

A deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR) afirma que o projeto de lei 490/07, que trata sobre demarcação de terras indígenas, é inconstitucional e traz grandes retrocessos aos povos indígenas.

:: LEIA MAIS »

Líder Indígena Ailton Krenak e outras personalidades protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro

Ailton

Entre os famosos estão a apresentadora Xuxa Meneghel, a jornalista Cristina Serra , o cantor Chico César, o humorista Fábio Porchat e o comentarista esportivo Walter Casagrande Junior

m grupo de 15 artistas protocolou nesta 2ª feira (24.mai.2021) um pedido de impeachment do presidente da República Jair Bolsonaro por supostos crimes de responsabilidade no combate à pandemia do novo coronavírus. O documento afirma que nos últimos 15 meses, desde os primeiros casos confirmados de covid-19 no Brasil, Bolsonaro “praticou um conjunto de atos ilícitos”, como a disseminação de informações falsas sobre a doença, a desautorização na aquisição de vacinas e a produção de cloroquina por parte de laboratório do Exército. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia