WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia secom bahia
abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: ‘Notícias’

DEFENSORIA DEFENDE POSSE DE CACIQUE XUKURU COMO PREFEITO

o-cacique-marcos-lider-dos-xukuru-e-filho-do-cacique-xicao-que-foi-assassinado-em-1998-1589896661469_v2_900x506

(Por Eduardo Barreto)

A defensoria pública da União (DPU) opinou pela autorização à posse do Cacique Marquinhos, prefeito eleito em pesqueira (PE). Líder do povo Xukuru, eleito pelo partido Republicanos é o primeiro indígena eleito da região. :: LEIA MAIS »

Cine Kurumin exibe 60 filmes produzidos por cineastas indígenas

f95050a3-dec9-45a9-8453-34d9829e0335

Em sua 8ª edição o festival comemora dez anos com uma edição sobre Cinema Ritual

O Festival Internacional de Cinema Indígena Cine Kurumin chega a sua 8ª edição, trazendo uma programação inteiramente online e gratuita, disponível até o dia 30 de março, com transmissões pelas redes sociais e no site oficial do festival.

Na abertura da programação do Cine Kurumin, o artista, curador e ativista indígena do povo Makuxi, Jaider Esbell e o cineasta Genito Gomes Kaiowá participam de um debate às 19h. A mediação é de Bia Pankararu, militante indígena LGBTQI+ e produtora cultural. :: LEIA MAIS »

Autorizada vacinação em comunidades quilombolas da Bahia

1616534257Card_vacinacao
Com o anuncio da secretaria estadual de saúde da Bahia-Sesab, autorizando a vacinação contra Covid-19 em comunidades quilombolas da Bahia, imediatamente, iniciou o trabalho direto para vacinação da população, que será coordenado pelas prefeituras municipais. O calendário detalhado deve ser buscado junto às mesmas, através das secretarias municipais de saúde.

:: LEIA MAIS »

O Haroldo Lima que eu conheci: Da estadualização da Fespi à criação da Uesc

Haroldo Lima, de camisa branca, compondo a mesa de ato em defesa da estadualização da Fespi, episódio histórico lembrado no artigo de Élvio Magalhães

Élvio Magalhães || Para José Junseira e Adnaelson Amparo, “emarquianos uesquianos”

“Foi na transição da Fespi para a Uesc que Haroldo Lima pôde despontar para minha geração como o que sempre foi: um orador brilhante, um dirigente afetuoso, um político estudioso, um defensor das causas da Bahia e do Brasil.

Numa madrugada de inverno de 1986, a pequena célula “emarquiana” do PCdoB iria fazer sua primeira ação eleitoral: colar nos alojamentos masculinos a propaganda de Haroldo Lima para deputado federal. Balde, soda cáustica, farinha de trigo, vassoura. Ainda guardo no rosto respingo da cola e a cicatriz da ferida e, no coração, os tempos idos de descoberta e rebeldia.elvio-magalhaes-300x272

Na Emarc-Ur me fiz comunista, entre leituras amadianas e artigos de Haroldo, aquele deputado, líder do PCdoB, que emergia da clandestinidade como fênix, após vinte anos de arbítrio de uma ditadura militar feroz e implacável, que espancou, torturou, assassinou, prendeu e baniu. :: LEIA MAIS »

Ilhéus: Agentes de Trânsito terão Plano de Cargos e Salários votado pela Câmara

O novo Projeto de Lei que cria o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos Agentes de Trânsito de Ilhéus será votado nas próximas semanas pela Câmara Municipal. A previsão do presidente Jerbson Moraes (PSD) é de que isso ocorra após duas ou três sessões ordinárias, algo em torno de 15 dias. No momento, o Projeto de Lei (PL) aguarda um novo parecer da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara para ir a plenário. :: LEIA MAIS »

ALUNOS NOVOS DA REDE ESTADUAL PODEM SE MATRICULAR

Internet-1

Começou nesta quarta-feira (24) a matrícula para os alunos egressos na rede privada.

Os alunos egressos de escolas municipais e que desejam se matricular na rede estadual de ensino têm até esta quinta-feira (25) para realizar a matrícula. A matrícula pode ser feita pelo SAC Digital, ou pelo aplicativo SAC DIGITAL. Para os estudantes ou pais sem acesso à internet, a matrícula pode ser feita diretamente da escola, com horários agendados por telefone, adotando todos os protocolos sanitários durante o atendimento.

:: LEIA MAIS »

Deputada Joenia Wapichana se reúne com ministro de Minas e Energia para tratar de energias renováveis em terras indígenas

jo

Na agenda, o Ministro pautou o “uso de energia renováveis em terras indígenas”. Inicialmente, ressaltou sua preocupação com a situação energética em Roraima, principalmente nas comunidades indígenas.

Destacou o recente programa do Ministério para levar energia elétrica limpa e renovável às comunidades mais longínquas e isoladas da Amazônia através do Programa Mais Luz para a Amazônia, que atende pessoas que vivem em áreas remotas nos estados que compõe a Amazônia Legal, e beneficia as comunidades indígenas de Roraima.

:: LEIA MAIS »

Bahia: Escolas estaduais iniciou processo de matrícula com transferências de estudantes da própria rede

EDU 2

Secretaria da Educação do Estado (SEC) iniciou, na segunda-feira (22), o processo de matrícula da rede estadual de ensino para o ano letivo 2020/21, que segue até 14 de abril. O primeiro dia foi dedicado, exclusivamente, para a transferência de estudantes da própria rede estadual que irão mudar de escola. :: LEIA MAIS »

auxílio emergencial: Medida provisória traz regras para o pagamento do novo benefício

 Pessoas fazem fila em frente à Caixa Econômica para sacar o auxílio emergencial
Pessoas na fila para sacar o auxílio no ano passado; em 2021 o benefício deve chegar a 45,6 milhões de brasileiros

Serão quatro parcelas mensais de R$ 250, em média, destinadas aos beneficiários do auxílio emergencial pago em 2020; cerca de 45,6 milhões de pessoas poderão ser beneficiadas

A Medida Provisória 1039/21 traz as regras para o pagamento do auxílio emergencial em 2021 para pessoas em situação de vulnerabilidade devido à pandemia de Covid-19. Agora serão quatro parcelas mensais de R$ 250 destinadas aos beneficiários do auxílio emergencial pago em 2020, considerada a lista em dezembro. No caso da mulher provedora de família monoparental, a parcela mensal será maior, de R$ 375; na hipótese de família unipessoal, o valor será menor, de R$ 150.

:: LEIA MAIS »

Como as mulheres indígenas estão se unindo para proteger a Amazônia

ddd

A ativista indígena Nina Gualinga explica como as mulheres na floresta amazônica estão lutando contra várias ameaças na Amazônia equatoriana como parte de um coletivo chamado Mujeres Amazonicas

Crescendo na Amazônia equatoriana, Nina Gualinga entendeu desde cedo a ameaça à sua comunidade, o Povo Indígena Kichwa de Sarayaku, quando uma empresa de petróleo entrou em suas terras contra sua vontade. Desde então, ela tem sido uma voz de destaque no movimento ambientalista, fazendo campanha contra as indústrias de petróleo, mineração e extração de madeira e falando sobre as mudanças climáticas. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia