WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

saude governo da bahia

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Notícias’

Cresce o número de candidatos que se declaram indígenas em 29%

Em entrevista ao Programa Ação Bahia, Cláudio Magalhães de Olivença, falou sobre o dia do Índio.

Em Ilhéus na Bahia, o indígena Cláudio Magalhães do P C do B, é um dos fortes concorrentes a uma vaga no legislativo.

Eram 1.715 na última eleição, em 2016; agora, são 2.215. Indígenas são candidatos em 557 municípios de todos os estados brasileiros e têm segundo pior índice de sucesso eleitoral, atrás dos que se declaram pretos.

O número de candidatos que se declaram indígenas cresceu 29% nos últimos quatro anos, segundo levantamento feito com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eram 1.715 na última eleição, em 2016; agora, são 2.215. Os indígenas respondem por 0,40% do total de candidatos, mesmo percentual observado na população brasileira, segundo o último Censo do IBGE.

:: LEIA MAIS »

Candidaturas indígenas fortalecidas na Bahia “vamos vencer mais essa luta”

O Indígena Cláudio Magalhães em uma cerimônia na aldeia, com o cacique Alício do Amaral.

Em Ilhéus o candidato Cláudio Magalhães de Olivença, se destaca para uma vaga no legislativo Municipal

Na Bahia com mais de 130 candidatos indígenas concorrendo as cadeiras no legislativo municipal, nos 46 municípios, das diversas etnias e partidos no estado, reafirma sua posição como uma das que mais sentiram a grande necessidade de ampliação nos números de representantes nas câmaras de vereadores dos municípios em que vivem. :: LEIA MAIS »

PR: Vestibular dos Povos Indígenas já está com inscrições abertas

Começa neste domingo (21) o XVIII Vestibular dos Povos Indígenas no Paraná. Com participação recorde, a edição deste ano tem 852 candidatos inscritos. Em 2017 foram 754. No total, serão 52 vagas disputadas, sendo seis vagas para cada universidade estadual e dez disponíveis na Universidade Federal do Paraná. - Curitiba, 18/10/2018. -- Foto: Divulgação SETI

Estão abertas as inscrições para o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná, para ingresso no ano letivo de 2021. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 7 de dezembro, no portal da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), instituição organizadora do concurso esse ano.

As provas serão nos dias 11 e 12 de abril, para as vagas nos cursos de graduação das sete Universidades Estaduais do Paraná e na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Podem participar do vestibular estudantes indígenas que tenham concluído o Ensino Médio e que não possuam curso superior. No caso de escolha de um curso ofertado pelas universidades estaduais, o candidato deverá comprovar que pertence a uma comunidade indígena do território paranaense.

O processo de inscrição será totalmente eletrônico. O candidato deverá preencher inicialmente o formulário disponível AQUI e anexar a Autodeclaração/Carta de Recomendação assinada pelo candidato e pelo cacique da comunidade. Na sequência o candidato deverá preencher o questionário socioeducacional e indicar a universidade em que pretende concorrer em primeira opção.

:: LEIA MAIS »

Nomes indígenas: Conheça os significados dessas palavras

 portaldoholanda-973215-imagem-foto-1amazonas

Veja os significados de nomes indígenas que fazem parte do nosso cotidiano

Não importa em qual cidade do Brasil você mora, sempre vai ter um bairro, cidade vizinha comida ou algum local com nome indígena. Eles estão tão incorporados na nossa cultura que poucas vezes paramos para pensar em seus significados.

A miscigenação brasileira é linda e faz da nossa cultura uma das mais ricas e complexas que existem. Na cultura brasileira é possível identificar fortes traços da cultura indígena, afro e europeia, sem contar, com algumas modificações que fizemos com a chegada de alguns imigrantes, como os japoneses, por exemplo. É muito importante que a gente esteja ciente dessas variedades para sempre lembrar de nossos ancestrais, principalmente, os indígenas que antes de qualquer colonização, já cuidavam da terra e cultuavam a natureza, e foram massivamente executados no passado e até hoje lutam por dignidade. Separamos alguns nomes indígenas e seus significados que fazem do nosso dia a dia.

:: LEIA MAIS »

RO: Hospital registra 1º parto de trigêmeos em indígena em Guajará-Mirim

Uma indígena de 24 anos deu à luz a trigêmeos em Guajará-Mirim (RO) no início deste mês. Esse foi o primeiro parto do tipo a ser realizado na única maternidade da cidade. Os bebês, uma menina e dois meninos, permanecem internados, já que nasceram com baixo peso. Todos passam bem.

A mãe dos pequenos, Zilda Oro Mon, deu à luz a Cacilda, Salomão e Guilherme no dia 4 de novembro, no Hospital Bom Pastor. A informação sobre o nascimento dos bebês foi divulgada na noite de terça-feira (10).

:: LEIA MAIS »

BA: Secretária de Mulheres grava vídeo de apoia a candidatura de Cláudio Magalhães de Ilhéus

Secretária de Mulheres do governo Rui Costa da Bahia gravou vídeo de apoio a candidatura de vereador do indígena Cláudio Magalhães Tupinambá de Olivença em Ilhéus

A Secretaria de Políticas Para Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira, gravou um vídeo de apoio a candidatura do indígena Cláudio Magalhães Tupinambá de Olivença de Ilhéus, onde destaca a necessidade de eleger pessoas com compromisso para uma cidade mais democrática, e mais inclusiva.

Ainda no vídeo a secretária Julieta Palmeira afirma que o indígena Cláudio Magalhães, faz parte deste contesto para construção e transformação de uma cidade “onde homens e mulheres, possam está lado á lado, construindo a viva” enfatiza a secretária. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: “SHOPPING JEQUITIBÁ VAI GERAR 1200 EMPREGOS”, DIZ MANOEL CHAVES NETO

102920480_1425789650962572_4995073431361543498_o

O empresário e diretor do Grupo Chaves,  Manoel Chaves Neto,  conversou com o comunicador Vila Nova, no Programa O Tabuleiro, da Ilhéus FM, na manhã desta sexta-feira (30) e contou detalhes sobre a implantação do Jequitibá Shopping Ilhéus, que será instalado na zona sul.  Segundo Manoel, havia o desejo pessoal de instalar o empreendimento onde atualmente é o estádio Mário Pessoa, mas o litoral sul possui uma infraestrutura ideal, em frente ao mar.

:: LEIA MAIS »

Hospital Regional Costa do Cacau celebra Outubro Rosa 2020 com programação especial para as mulheres

HCC1

O Outubro Rosa surgiu para conscientizar mulheres, com o objetivo de alertar sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama. Recentemente, a campanha ganhou reforço e ampliou sua missão, incluindo a sensibilização para a detecção antecipada do câncer de colo do útero, também estimula outras atividades mais abrangente nos cuidados com a saúde da mulher.

Em sintonia com as ações do Outubro Rosa, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, organizou, neste ano, uma programação especial para colaboradoras e pacientes. Na última segunda-feira (26), a unidade hospitalar iniciou a I Semana de Saúde da Mulher, com atividades como ginástica laboral, palestra, entrega de brindes e “dia de beleza”. :: LEIA MAIS »

Educação: Projeto de extensão da UFFS – Campus Erechim elabora estudo arquitetônico para espaço cultural indígena

lg_e3ad3bd09972427c

O local será utilizado para o ensino e eventos da comunidade da Terra Indígena Ventarra

Casas semienterradas. Essa foi a inspiração do estudo arquitetônico desenvolvido pelo projeto de extensão da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim “Propostas arquitetônicas junto aos Kaingang” para o espaço cultural da Terra Indígena Ventarra, localizada no município de Erebango/RS.

O projeto de extensão surgiu a partir do diálogo com a comunidade escolar Kaingang, representada pelo Círculo de Pais e Mestres da Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental Kanhrãnrãn Fã Luis Oliveira, que demandou um estudo arquitetônico para um espaço de uso múltiplo localizado próximo ao ginásio da nova escola, que está em construção. A proposta elaborada pelo projeto contempla uma casa subterrânea, um centro cultural, uma arquibancada sombreada e o paisagismo da área.

:: LEIA MAIS »

BA: Vale-alimentação estudantil reforça a segurança alimentar da rede estadual

Foto: Claudionor Junior

Os estudantes da rede estadual de ensino da capital e do interior já estão realizando as suas compras com o benefício de R$ 55, referente à quarta parcela do vale-alimentação estudantil. Entre os diversos itens disponíveis nos mais de 18 mil pontos de venda localizados em todo o Estado, eles estão optando por alimentos de grande valor nutricional, como feijão, arroz, leite, frutas e legumes. A ação do Governo da Bahia, para a qual foram destinados mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Estado, tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dos estudantes, neste período de suspensão das aulas, devido à pandemia do novo Coronavírus. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia