WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

saude governo da bahia

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Notícias’

Desmatamento e garimpo ilegal abriram caminho da Covid para índios, diz estudo

VIDAS INDIGENAS IMPORTAM 02

Pesquisa cruzou os dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Imagine o caminho que um vírus precisa fazer para chegar a uma aldeia no meio da floresta, contaminar um, dois, dez, mil, 28 mil indígenas, como aconteceu com o novo coronavírus no Brasil desde o início da pandemia até o final de agosto.

:: LEIA MAIS »

Bahia implementa o primeiro Plano Estadual de Comunicação do país, e contempla Povos Tradicionais

Foto-Fernando-Vivas__GOVBA-4

Resultado de um amplo debate entre Governo do Estado, sociedade civil, entidades de classe, sindicatos, empresas de comunicação, trabalhadores, associações e movimentos sociais, o Plano Estadual de Comunicação foi aprovado no último dia 22/setembro, durante sessão plenária pelo Conselho Estadual de Comunicação Social da Bahia.

Na reunião virtual o secretário de Comunicação do Estado e presidente do Conselho de Comunicação, André Curvello, assinou o documento autorizando a imediata aplicação do plano, . :: LEIA MAIS »

BA: Estudantes da rede estadual recebem a quarta parcela do vale-alimentação estudantil

Foto: Claudionor Jr/Secretaria da Educação

Os estudantes da rede estadual de ensino de toda a Bahia já estão realizando compras com a quarta parcela do vale-alimentação, cujo crédito, no valor de R$ 55 por estudante, foi liberado nesta segunda-feira (26). Nesta nova parcela, assim como nas três anteriores, foram destinados mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Estado.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância do benefício. “Mesmo em um momento de perda de arrecadação no Estado, o Governo da Bahia destina mais R$ 44 milhões para o auxílio vale-alimentação, visando a segurança alimentar dos estudantes da rede estadual: aproximadamente 800 mil. Além disto, a iniciativa contribui para movimentar a economia, em todos os 417 municípios baianos, distritos e povoados”. :: LEIA MAIS »

Indígena brasileira conquista milhões de seguidores mostrando dia a dia de comunidade

Maíra e seus familiares do povo Tatuyo, no Amazonas.

Maíra Gomez é da comunidade indígena da etnia Tatuyo, no Amazonas. Para seus mais de 300 mil seguidores do Instagram ela é conhecida como Cunhaporanga, que significa “mulher bonita da aldeia” em tupi. No TikTokseu número de seguidores é ainda mais impressionante: quase dois milhões. Em todas as plataformas ela tem um objetivo comum: mostrar para o maior número de pessoas possível a cultura e as tradições de seu povo e o dia a dia de sua família.  :: LEIA MAIS »

De origem indígena, fundista Mirelle Leite luta para firmar seu talento

Mirelle Leite_Direita

Campeã brasileira sub-18 dos 2.000 m com obstáculos e vice-campeã dos 3.000 m da mesma categoria no ano passado, em Porto Alegre (RS), a pernambucana Mirelle Leite da Silva, nascida em Pesqueira no dia 11 de março de 2002, é um exemplo de superação e, ao mesmo tempo, da importância que o atletismo tem na inclusão social de jovens brasileiros.
Mirelle é descendente da etnia indígena Xukuru. Mudou-se para cidade em consequência de um conflito na tribo, que causou uma divisão, levando uma parte à expulsão da reserva. Ela teve o pai assassinado e, como a mais velha de uma família de nove irmãos, assumiu a responsabilidade de cuidar dos mais novos, enquanto sua mãe trabalhava de diarista para levar alimento para casa.

:: LEIA MAIS »

CORONAVÍRUS: Barroso diz que plano de proteção a índios é ‘genérico e vago’ e pede novo planejamento

barroso

O ministro deu 20 dias para o governo entregar um novo planejamento

O ministro Luís Roberto Barroso rejeitou o Plano Geral de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19 para os Povos Indígenas apresentado pelo governo Jair Bolsonaro ao STF (Supremo Tribunal Federal).

O magistrado não homologou o plano sob o argumento de que o documento é “genérico e vago”, o que inviabiliza a fiscalização de sua implementação, e deu 20 dias para o governo entregar um novo planejamento.

No início de agosto, o STF decidiu por unanimidade referendar a decisão individual dada por Barroso, em 8 de julho. O ministro havia determinado a obrigação do Executivo de adotar diversas medidas a fim de conter o avanço do coronavírus entre os índios. :: LEIA MAIS »

Terra Indígena na divisa do PA e do AM é reconhecida como indicação geográfica para guaraná nativo

foto-acervo-pesquisadora-sonia-alfaia4

Segundo o INPI, a TI Andirá-Marau é a primeira indicação geográfica da espécie denominada de origem no Brasil a ser utilizada por povo indígena.

Terra Indígena na divisa do Pará tem indicação geográfica reconhecida pela produção de guaraná nativo. — Foto: Divulgação / Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI)

A Terra Indígena Andirá-Marau na divisa do Pará com o Amazonas foi reconhecida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) como indicação geográfica para waraná, que é o guaraná nativo, e o pão de waraná, que é o bastão de guaraná.

Segundo o INPI, esta é a primeira indicação geográfica da espécie denominada de origem no Brasil a ser utilizada por um povo indígena. A concessão foi publicada nesta terça (20).

:: LEIA MAIS »

Minas tem somente um candidato a prefeito de origem indígena em 2020

images

“É uma participação pequena, nossa representação política ainda é muito elitista, com pouco espaço para mulheres, negros e, ainda mais, indígenas”, observa o professor de ciência política Carlos Ranulfo, da UFMG, que destaca a presença marcante da deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR) como representante indígena no Congresso Nacional.

:: LEIA MAIS »

Foi morando com índios que Giovani aprendeu lições de uma vida inteira

Nas aldeias, Giovani já morou e lecionou para mais de 5 etnias diferentes (Foto: Arquivo Pessoal)

Destaque no sábado ao contar sua história de vida no Caldeirão do Huck, o professor universitário faturou prêmio de R$ 300 mil.

“Em Porto Murtinho que passei a conviver efetivamente com os indígenas. Parei de fazer o trajeto cidade-aldeia, e morei quase 8 anos da minha vida com os Kadiwéu. Essas pessoas tem muito a nos ensinar. Seus conhecimentos ancestrais que fogem do alcance da racionalidade puramente científica. Com eles, aprendi a ser mais solidário, a pensar no coletivo, a ser menos competitivo”. :: LEIA MAIS »

Ilhéus: Deputada Alice Portugal apoia candidatura do indígena Cláudio Magalhães

Alice Portugal deputada federal, publicou um vídeo onde pedi voto para o indígena Cláudio Magalhães  Tupinambá de Olivença, que é professor e funcionário do judiciário daquela cidade,  e militante no movimento em defesa dos povos tradicionais, além de grande atuação no controle social do município.
Com o mandato atuante em defesa dos povos indígenas na Câmara dos Deputados, a parlamentar reconhece a luta de Cláudio em defesa dos povos indígenas da Bahia, onde também ele é liderança estadual do movimento.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia