WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

bahiagas

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘Notícias’

Indígena é aprovada em Medicina após driblar dificuldades no estudo remoto e o preconceito

nauany-aprovada-medicina

Nauany Pótu-Coereguá Gomes Pires, de 19 anos, mora em Peruíbe e foi aprovada no curso de Medicina na Universidade Federal do Rio Grande (UFRG).

A indígena Nauany Pótu-Coereguá Gomes Pires, aos 19 anos, realiza o sonho de infância de cursar Medicina depois de enfrentar dificuldades no ensino remoto. A aldeia em que ela mora fica na zona rural de Peruíbe, no litoral paulista. Por seis anos, ela enfrentou um trajeto de até 2 horas para chegar a escola na área urbana da cidade. O que a motivou foi o sonho de ingressar na universidade, o que se tornou realidade em 2021.

:: LEIA MAIS »

Primeira Miss Indígena de Roraima pretende dar visibilidade às mulheres indígenas: ‘mostrar que nós não temos um padrão’

Mari Williams, da etnia Wapichana, foi eleita a primeira Miss Indígena de Roraima — Foto: Reprodução/Facebook/Mari Williams

Mari Williams, de 18 anos, é da etnia Wapichana e representará o estado em um concurso nacional, em novembro, no Paraná.

Por Suzanne Oliveira — Boa Vista

“Um dos meus objetivos maiores, uma das causas que me fez querer fazer parte desse concurso, foi isso: buscar representar meu povo dentro desse mundo miss, que tem muita visibilidade”. É com essa representação que Mari Williams, de 18 anos, a primeira Missa Indígena de Roraima, pretende conduzir o reinado.

:: LEIA MAIS »

Itaju do Colônia: Prefeito recebe representantes da Sesai para discutir ações na saúde em comunidades indígenas do município

O prefeito Djalma recebe em seu gabinete o coordenador do DSEI-BA e sua comitiva para tratar da saúde indígena do município. Foto: Ascom/Itaju do Colônia

Por: André Luiz Evangelista

O prefeito Djalma Duarte do município de Itajú do Colônia recebeu no último dia (03), representantes nacional, estadual e regional da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI). No encontro foram discutidas ações e estratégicas de atuação de saúde nas comunidades indígenas no município. :: LEIA MAIS »

BA: Vereador Indígena Cláudio Magalhães propõe criação do Polo Cultural, Gastronômico e Turístico de Olivença

CLAUDIO MAGALHAHES
O vereador indígena Cláudio Magalhães enviou à mesa diretora da Câmara Municipal de Ilhéus na Bahia, nesta segunda-feira (20), a proposta do Projeto de Lei (PL), que cria o Polo Cultural, Gastronômico e Turístico de Olivença e entorno, e dá outras providências. A área proposta para criação do polo abrange um território de aproximadamente 29 quilômetros, entre as praias de Cururupe e Acuípe, localizadas no litoral sul ilheense.
:: LEIA MAIS »

Saúde na Comunidade: Prefeitura de Ilhéus realiza mais de mil atendimentos na zona rural

As consultas e realização de exames acontecem mediante agendamento prévio

Mais de mil atendimentos foram realizados na zona rural pela Prefeitura de Ilhéus, por meio do programa “Saúde na Comunidade”. A iniciativa assiste a população residente em regiões mais longínquas da sede do município, com oferta de atendimento médico, exames laboratoriais, exames de imagem e vacinação. :: LEIA MAIS »

UESC: Reitor se reúne com vereador Cláudio Magalhães que pede apoio em defesa do Cepedi

Vereador indígena Cláudio Magalhães é recebido pelo reitor Alessandro Fernandes da Uesc e pede apoio em defesa do Cepedi

Nesta quarta-feira (15), o vereador indígena Cláudio Magalhães se reuniu com o reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Alessandro Fernandes, para demonstrar seu compromisso em defesa da continuidade das atividades do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (Cepedi) no mesmo local que ocupa atualmente. :: LEIA MAIS »

BA: Lençóis passa a integrar Fórum de Gestores Municipais da Igualdade Racial

A secretária Fábya Reis está intensificando o diálogo com as gestões municipais de todos os territórios baianos. Foto: Ascom

O município de Lençóis é o mais novo integrante do Fórum de Gestores Municipais de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, colegiado coordenado pela Sepromi. A adesão ocorreu nesta terça-feira (14), em Salvador, quando a prefeita Vanessa Senna assinou o termo de adesão juntamente com a titular da pasta, a secretária estadual Fabya Reis. :: LEIA MAIS »

Ilhéus: Vereador Cláudio Magalhães destaca melhoria de estrutura esportiva em Batalhão anunciada por secretário estadual

O vereador indígena Cláudio Magalhães durante a visita do secretário Davidson Magalhães da Setre-Ba. Foto: Divulgação.

Na manhã desta quinta-feira (09), o vereador indígena Cláudio Magalhães (PCdoB) acompanhou a visita do secretário estadual de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre-Ba), Davidson Magalhães, ao 2º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), em Ilhéus. Na ocasião, o titular da Setre anunciou que será implantado no local um gramado sintético e construída uma pista de atletismo. :: LEIA MAIS »

STF vai para quarta semana de julgamento do “marco temporal” com placar favorável aos indígenas

Acampamento dos indígenas sobre o marco temporal, em Brasília, no fim de agosto

Corte voltará a debater o tema na semana que vem com o voto do ministro Nunes Marques.

Mais uma vez suspenso o julgamento do “marco temporal” pelo STF sobre terras indígenas por mais uma semana, com previsão para próxima terça feira, 14 sem definição clara de maioria. :: LEIA MAIS »

Samara Pataxó: a advogada indígena que luta contra o marco temporal no STF

w

Samara Pataxó tem 31 anos e atua em defesa dos povos indígenas no STF, representando o MUPOIBA.

Usando um cocar branco e acessórios pataxós, a advogada Samara Pataxó, de 31 anos, gravou um vídeo de sustentação oral em defesa dos povos indígenas no julgamento que analisa o Marco Temporal no STF. Ao se direcionar aos ministros, precisou resumir em apenas cinco minutos todo conhecimento adquirido durante toda a vida acadêmica sobre estudos territoriais indígenas. Nascida na aldeia Coroa Vermelha, de etnia Pataxó, em Porto Seguro, na Bahia, a advogada faz doutorado em Direito na UnB (Universidade de Brasília) e desde a graduação na UFBA (Universidade Federal da Bahia) estuda e trabalha com direitos territoriais indígenas. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia