WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


JOVEM INDÍGENA FOI ENCONTRADA

                                                                 A jovem indígena encontrada pela polícia militar

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a liderança indígena do município de Santa Cruz Cabrália, Zeca pataxó,  comunicou o final do sumiço de sua filha, a jovem Jessica Ferreira, de 16 anos, que estava desaparecida desde do dia  14 (sexta-feira). A adolescente saiu para ir a escola pela manha e desapareceu. Segundo informações do próprio Zeca, varias diligencias foram efetuadas  pela polícia militar para encontrar a sua filha, que tiveram êxito na busca e nas prisões dos criminosos. No vídeo Zeca Pataxó, demonstrando tranquilidade fala do fato ocorrido, onde agradece a todos que foram solidários e colaboraram como também dá maiores detalhes sobre o caso.

UNICEF promove seminário no Acre sobre educação e saúde de jovens indígenas

Foto: Divulgação/Secom/Arquivo W&M

Para discutir desafios enfrentados pelos jovens indígenas do Brasil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove na sexta-feira (14), em Cruzeiro do Sul, no Acre, o Seminário Atenção à Criança e ao Adolescente Indígena no Selo UNICEF – Edição 2017/2020. Evento abordará estratégias para reduzir a mortalidade, a desnutrição infantil e o sub-registro civil de nascimento, além de debater iniciativas para melhorar a educação das crianças e adolescentes. :: LEIA MAIS »

Educação: Curso propõe reflexão inspirada na formação de educadores indígenas

Atividade da SBPC Afro e Indígena, o minicurso Diversidade, interculturalidade e educação indígena propõe reflexões sobre as possibilidades de descolonização com base nas experiências no curso de Formação Intercultural para Educadores Indígenas (Fiei), oferecido pela Faculdade de Educação (FaE) da UFMG. O público-alvo são estudantes, lideranças indígenas, intelectuais, além de pesquisadores da temática e demais interessados.

As aulas serão ministradas por Marina de Lima Tavares e Juarez Melgaço Valadares, professores do Fiei. Ele conta que a ideia de oferecer o curso surgiu da necessidade de divulgar a questão indígena no Brasil e, assim, combater o preconceito. :: LEIA MAIS »

Justiça Eleitoral: Propaganda Antecipada e Enganosa

Propaganda enganosa e criminosa

No dia 27 de abril, foi oferecida uma representação ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORA, por prática de propaganda eleitoral antecipada em benefício de Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto, suposto candidato a Governador nas eleições de 2018 na Bahia, que tem fortes ligações com o ex-ministro Geedel Vieira Lima, preso por corrupção.  O crime é realizado através de adesivo em veículo de placa policial DEM 0807, que tem como suposto dono Marcos Costa Lima Bonfim. Os fatos geraram também a instauração de um “PROCEDIMENTO PREPARATÓRIO ELEITORAL” de  nº01.14.000.001268/2017-74, com a finalidade de apurar a ocorrência, a pedido do Dr. Ruy Nestor Bastos de Mello – Procurador Regional Eleitoral.

Fato é que, mesmos diante da ação, o citado veículo, continua circulando pelas ruas e avenidas,  e estacionado em vários pontos da cidade de Ilhéus, fazendo a propaganda eleitoral antecipada, e enganosa.

Entidades criticam nomeação de general como presidente da Funai

Indígenas fazem manifestações em Brasília

A nomeação do general da reserva Franklimberg Ribeiro de Freitas à presidência da Funai (Fundação Nacional do Índio) desagradou a pelo menos 28 entidades da sociedade civil. Em nota publicada na 5ª feira (13.jul.2017), os ativistas acusam o governo federal usar cargo como moeda de troca. Também afirmam haver “subordinação da política indigenista ao interesses da banca ruralista no Congresso Nacional”

A exoneração de Costa foi publicada no Diário Oficial da União em 5 de maio, 4 dias após índios gamela serem atacados no Maranhão. Autoridades locais disseram que a Funai tinha responsabilidade no caso, por não ter feito o reconhecimento oficial da etnia. :: LEIA MAIS »

Ministério solta portaria fascista contra indígenas e quilombolas

Medida propõe que Polícia Federal e Secretaria de Segurança Pública determinem políticas para indígenas e quilombolas. Fonte: Carta Capital

Juntar indígenas e quilombolas, que são coletivos tradicionais que demandam acesso diferenciado à terra, é uma medida articulada pelos inimigos desses povos: os ruralistas. O Ministério da Justiça publicou no dia 6 de julho uma portaria de cunho fascista instituindo um “grupo de trabalho” para agir contra indígenas e quilombolas. Após protesto, republicou na quinta-feira 13 a mesma medida, alterando apenas uma palavra, o que tornou o texto ainda mais agressivo aos direitos fundamentais desses coletivos tradicionais.

:: LEIA MAIS »

Empresários chineses visitam Ilhéus e investem na Bahia

MARÃO2

Empresários chineses e autoridades do comércio externo da China estiveram nesta sexta-feira (14) em Ilhéus para conhecer a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e o Porto de Malhado, interessados na construção de mecanismos que possibilitem a vinda de empresas da China para a Bahia. Ainda em Ilhéus, foi assinado um memorando de cooperação entre a Free Trade Zone Tianjin e a ZPE de Ilhéus. O evento o diretor-geral da Comissão de Comércio, Znhang Aiguo, disse ter “certeza de que faremos [Tiajin e Bahia] bons negócios no futuro”.

:: LEIA MAIS »

Ofensa punida: Jornalista que disse “índio bom é índio morto” é condenado a pagar danos morais

IDENIZAÇÃO

O artigo no qual chamou índios Guarani-Kaiowá de incestuosos e no qual afirmou que “índio bom é índio morto” passou dos limites do humor e gerou prejuízo à imagem e à moral deste povo. Com esse entendimento, a 2ª Vara Federal em Dourados (MS) julgou procedente ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal e condenou o jornalista Walter Navarro ao pagamento de indenização fixada em R$ 50 mil por dano moral coletivo. :: LEIA MAIS »

Porto Seguro terá primeira turma universitária indígena da Bahia

Prestigiaram a aula inaugural o superintendente de assuntos indígenas , Juari Bomfim, e o presidente do conselho de caciques, Alfredo Santana. Por: Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

A Prefeitura Municipal de Porto Seguro, através das Secretarias de Educação, Trabalho e Desenvolvimento Social e da Superintendência de Projetos Para Infância e Juventude, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e da Universidade do Estado da Bahia, executará pela terceira vez, o Programa Universidade Para Todos. Neste ano terá a inclusão da primeira turma indígena da Bahia, coordenada pela Superintendência de Assuntos Indígenas e Diretoria Escolar Indígena.

:: LEIA MAIS »

Ações de grupo de saúde combatem suicídios de índios

O consumo de álcool e drogas ilícitas pode estar contribuindo para a elevação do número de suicídios de índios, principalmente na etnia Tikuna

Um grupo de saúde ajuda a combater o suicídio entre índios no Alto Solimões. A responsável técnica pelo Programa de Saúde Mental do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Solimões, Maria Cristina Benício de Lima, diz que as ações desenvolvidas pelo grupo junto à comunidade têm dado certo, porque o número de casos diminuiu. O consumo de álcool e drogas ilícitas pode estar contribuindo para a elevação do número de suicídios de índios, principalmente na etnia Tikuna. Proibição de relacionamentos amorosos também influenciam. Fonte: Revista Brasil



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia