WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


IMG-20190526-WA0008

Vitória: Mudanças na MP 870 fortalecem o movimento indígena, avalia Cimi

SIVAL

Votação final da Medida Provisória 870, na Câmara, devolveu a Funai à jurisdição do Ministério da Justiça

Apesar das mudanças, Conselho Indigenista Missionário sabe que não haverá um novo rumo na política do governo Bolsonaro para os povos

São Paulo – O movimento indígena sai fortalecido após a votação final da Medida Provisória (MP) 870, na última quarta-feira (22), na Câmara dos Deputados. Para o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), a volta da Funai para o Ministério da Justiça e o retorno da função de demarcação de terras indígenas ao órgão foram consideradas vitórias importantes para a luta desses povos. :: LEIA MAIS »

Bahia: Três índios são baleados após grupo invadir aldeia de Porto Seguro

inimigo-de-indio-e-inimigo-meu-foto-renato-soares-1-800x445.jpg.pagespeed.ce.k_I1Mhb_n0

Conforme polícia, caso ocorreu na noite de quarta-feira (22). Informações iniciais apontam que grupo procurava por uma pessoa que não estava no local na hora do crime.

Três índios foram baleados depois que seis homens invadiram a aldeia pataxó Barra Velha, na cidade de Porto Seguro, sul da Bahia, na noite de quarta-feira (22)

:: LEIA MAIS »

Após quase dois séculos de existência, PM da BA tem 1ª mulher promovida a tenente-coronel: ‘Muito significativo’

Ana Fernanda Dantas tem 54 anos, é médica com especialidade em pediatria, bacharela em direito e mestra em administração pública. Ela integra o quadro da PM há 25 anos e é a maior autoridade feminina da corporação no estado.

SApós 194 anos de instituição, a Polícia Militar da Bahia teve, neste mês, a primeira mulher promovida à patente de tenente-coronel. Aos 54 anos, a médica pediatra Ana Fernanda Dantas contou ao G1 sua trajetória profissional como oficial e falou sobre as responsabilidades que a aguardam. :: LEIA MAIS »

Correios: Mais de 12 agências serão fechadas na Bahia

Mais 12 agências dos Correios serão fechadas em toda a Bahia até julho. — Foto: Reprodução/EPTV

Os Correios anunciaram o fechamento de mais 12 unidades na Bahia, oito delas somente em Salvador, até o dia 5 de julho. A empresa apontou como motivo a “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”. [Confira a lista abaixo] :: LEIA MAIS »

Comunidade indígena no Peru impõe novo bloqueio a estrada que dá acesso a mina de cobre

IMG_20190522_102545LIMA — A comunidade indígena de Fuerabamba, no Peru , decidiu impor um novo bloqueio na estrada que dá acesso à mina de cobre Las Bambas, uma das maiores do mundo, após sucessivas tentativas de negociações com o conglomerado chinês MMG. O novo bloqueio começou à meia-noite de terça-feira. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: RUI COSTA ASSINA TERMO DE UNIFICAÇÃO DOS TERMINAIS QUE GARANTE O INÍCIO DAS OBRAS DO PORTO SUL

Rui

Nesta terça-feira (21), às 10h, o governador Rui Costa e representantes da Bahia Mineração (Bamin), assinam o termo de unificação dos terminais do Porto Sul e a constituição da Sociedade de Propósito Especifico (SPE) para a construção do equipamento, localizado em Ilhéus. O evento acontecerá no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). :: LEIA MAIS »

Encontro de rádios comunitárias fortalece comunicação regional

IMG_20190520_123803

Foi realizado na noite deste sábado (18), em Ilhéus, o Encontro de Rádios Comunitárias da Região Sul, promovido pela Associação Brasileira de Rádios Comunitárias – Abraço Bahia. O encontro reuniu cerca de 40 emissoras e discutiu temas como renovação de outorga, novas tecnologias, jornalismo regional, marco regulatório e legislação de rádios comunitárias. :: LEIA MAIS »

Por que os indígenas são a chave para proteger a biodiversidade planetária

Crianças brincam em aldeia dentro da Terra Indígena Yanomami, onde vivem 25.000 índios. ALEX ALMEIDA

A ONU destaca que nas terras habitadas pelos povos originários o desaparecimento de espécies é mais lenta que no resto do mundo

O último relatório da ONU que alerta sobre a velocidade com que as espécies estão se extinguindo (uma de cada oito está ameaçada) assinala que essa destruição da natureza é mais lenta nas terras onde vivem os povos indígenas do que no resto do planeta. Mas também destaca a crescente ameaça que ronda essas comunidades na forma de expansão da agricultura, urbanização, mineração, novas infraestruturas… :: LEIA MAIS »

Após passar na UFMG por cota, indígena quer atender na tribo

26

Enfermeiro, Otávio Kaxixó, 25, resolveu fazer o novo curso após ver um tio morrer por falta de socorro

Depois de perder um tio, que morreu após sofrer um infarto antes de chegar ao hospital, Otávio Kaxixó, 25, teve certeza do que queria fazer: ser médico e dar assistência para os 89 indígenas que vivem na aldeia onde ele foi criado. Em 2013, o jovem conseguiu uma vaga no curso de enfermagem da UFMG por meio de políticas de ações afirmativas. Concluiu o curso em 2017 e, atualmente, voltou para a sala de aula na mesma universidade. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia