WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



junho 2019
D S T Q Q S S
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘_destaque1’

Educação Indígena: Audiência pública discute inclusão da temática indígena na rede estadual de ensino

José Carlos Tupinambá, da coordenação da Educação Escolar Indígena da Secretaria da CEE/BA, e secretária de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis.

O ensino da história e da cultura indígenas será reforçado no currículo do ensino público baiano. Para a concretização da iniciativa, o Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE/BA) realizou uma audiência pública nesta terça-feira (7), com o intuito de colher contribuições para o projeto de Resolução sobre o Ensino da História e da Cultura Indígena nos Currículos da Educação Básica, no Sistema Estadual de Ensino da Bahia. A proposta discutida no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT) é desmembrar as Resoluções CEE nº 23/2007 e nº 48/2008 e elaborar uma resolução específica para incluir nos currículos das escolas públicas e privadas o estudo da temática indígena, atendendo à Lei nº 11.645/2008. :: LEIA MAIS »

CNDH reúne cerca de 150 membros da Terra Indígena Tupinambá de Serra do Padeiro, na Bahia

FB_IMG_1555764343377_1

Em missão ao sul da Bahia para tratar de violações a direitos de indígenas, o Conselho Nacional dos Direitos Humanos – CNDH visitou ontem (16) a Terra Indígena Tupinambá de Serra do Padeiro, próximo aos municípios de Buerarema e Canavieiras, onde vive o cacique Babau, ameaçado de morte.

:: LEIA MAIS »

CNDH realiza missão ao sul da Bahia para tratar de violações de direitos de indígenas

reuniao2
O Conselho Nacional dos Direitos Humanos – CNDH iniciou ontem(15), uma missão ao sul da Bahia para tratar de violações de direitos humanos de indígenas. Pela manhã, foi iniciada uma audiência pública na Terra Indígena Tupinambá de Belmonte, com a presença da vice-presidente do conselho, Deborah Duprat, da conselheira Sandra Carvalho, do conselheiro Herbert Barros, da representante da secretaria-executiva do CNDH, Elisa Colares, além de Paulo Maldos (Conselho Federal de Psicologia), Vladimir Correia (Defensoria Pública da União), Ailson Machado(Secretaria Nacional de Promoção da Igualdade Racial-MMFDH), Antonio Francisco Neto e Alessandra Pereira (ambos do Comitê de Defensores de Direitos Humanos).

:: LEIA MAIS »

MUPOIBA: Governo descarta municipalização da saúde indígena em audiência pública na CDH

012

Em audiência pública sobre saúde indígena na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) nesta quinta-feira (11), a coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sônia Guajajara, pediu a manutenção da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), e criticou a intenção de municipalizar o atendimento médico a indígenas. O secretário da Sesai, Marco Antonio Toccolini, também presente no debate, afastou a possibilidade de municipalização. :: LEIA MAIS »

BA: Sepromi e SEC discutem Questões étnico

JERONIMO-450x300

O secretario Jerônimo Rodrigues da SEC,  e a secretária Fabya Reis da Sepromi, reunidos no CAB.

Uma reunião entre dirigentes das secretarias de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e da Educação (SEC) realizada nesta quarta-feira (10), em Salvador, alinhou estratégias conjuntas para potencializar a valorização da diversidade étnico-racial e o combate ao racismo na política educacional em curso no estado da Bahia. Titulares das duas pastas, Fabya Reis e Jerônimo Rodrigues, conduziram o diálogo, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

:: LEIA MAIS »

Secretaria discute: políticas para a Educação Escolar Indígena com diferentes etnias da Bahia

Professores e lideranças indígenas participaram reunião do Fórum Estadual de Educação Escolar Indígena da Bahia. Fotos: Eugênio Moura/Secom

Com o intuito de debater, avaliar e propor melhorias para a Política Estadual de Educação Escolar Indígena, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia participou, nesta quinta-feira (4), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), da reunião do Fórum Estadual de Educação Escolar Indígena da Bahia (FORUMEIBA). O encontro contou com a participação de representantes de 23 etnias de diferentes regiões da Bahia. :: LEIA MAIS »

homofobia: Índio Tupinambá morto em 1614 foi primeira vítima de registrada no Brasil

A lápide em homenagem a Tibira está instalada na Praça Marcílio Dias, no centro de São Luís.

A crescente onda de homofobia no Brasil está levando LGBTs a deixarem o país, temendo por sua segurança. Porém, a primeira vítima real do preconceito é mais antiga do que pensamos: em 1614, um índio Tupinambá foi morto por sua orientação sexual.

Segundo o Universa, o índio Tibira teria sido amarrado pela cintura à boca de um canhão. Tibira, por sinal, é uma palavra usada na língua tupi para designar índios gays. A morte de um deles é registrada pelo frade capuchinho Yves D’Évreux em seu diário “Viagem ao Norte do Brasil feita nos anos de 1613 e 1614“. :: LEIA MAIS »

MUPOIBA: Após mobilizações em todo o país, Ministro da Saúde volta atrás e vai manter Sesai

kahu2

O coordena geral do MUPOIBA, Kâhu Pataxó, em reunião de lideranças indígenas com Ministro da Saúde Mandetta Foto: Mídia Ninja

Em reunião com movimentos indígenas, o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta optou pela manutenção da Sesai – Secretaria Especial de Saúde Indígena, informando que “os índios achavam que a secretaria de saúde indígena tinha que permanecer. O ministério achava que deveria somar à nova Secretaria nacional de Atenção Básica e Indígena. Como os índios entendem que deve permanecer, porque tem uma luta história, porque é simbólico, e porque ali se reforça a sua cultura, a sua identidade, nós vamos manter a secretaria de Saúde Indígena”. :: LEIA MAIS »

DF: Mandetta afirma que vai reunir lideranças de etnias para discutir saúde indígena

Observada pelos senadores da Rede Randolfe Rodrigues (ao seu lado) e Flávio Arns, a deputada Joenia Wapichana, de Roraima, participou da audiência com o ministro da Saúde no Senado Roque de Sá/Agência Senado

O Ministério da Saúde irá se reunir nesta quinta-feira (27) com representantes de etnias indígenas de diversas regiões do país, iniciando negociações visando a definição de um novo modelo de assistência de saúde para essas populações. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Luís Henrique Mandetta, durante debate nesta quarta-feira (26) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. :: LEIA MAIS »

Educador indígena

254745_1

*Elias Januário

O processo de formação de educadores indígenas, bem como as ações desenvolvidas por esses profissionais no contexto de uma educação escolar específica, diferenciada e intercultural, representa uma tarefa desafiadora que trilha por um caminho marcado por conceitos, concepções e metodologias que propiciam um ambiente cauteloso, que deve seguir dando um passo de cada vez, para que possamos formular propostas que conduzam a ações efetivas e em consonância com o que pensam e desejam as diversas comunidades indígenas que vivem em nosso país. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia